Tag Archives: We Trust

dizem que é ali prós lados do mondego

Tirando Paus, Wraygunn, Salto! Doismileoito, X-Wife e We Trust, digamos que é uma grande merda de cartaz.

Os nomes estrangeiros são caros e não valem um tostão. Bandas em decadência e o jeito brego para despir uma dama no parque enquanto se bebe uma superbock.

Tenhamos fé nos bons nomes que a RUC costuma trazer para o seu palco.

Não dou mais que 10 euros pelo bilhete geral.

P.S: Já agora quem são o Jean Elain e o Cosmo Klein. São reforços para a próxima época da Académica?

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Pausa

O Entre o Nada e o Infinito interrompe a postagem até segunda-feira. Pelo meio, encontramo-nos na Praia Fluvial do Tabuão para mais uma edição do Festival Paredes de Coura. No meio de tanta crise, ainda conseguimos arranjar maneira para 6 dias de descanso e muita musica de qualidade.

Na simpática vila minhota, estaremos atentos aos concertos de Black Bombain, Crystal Castles, Wild Beasts, Pulp, Blonde Redhead, Warpaint, Crystal Stilts, Twin Shadow (infelizmente We Trust coincide no mesmo período no palco secundário) Kings of Convenience, Deerhunter, Battles, Chappel Club, Jamaica, You Can´t Win Charlie Brown, Metronomy, Death From Abovo 1979, Mogwai, Two Door Cinema Club, Linda Martini, Kurt Vile (isto se não colocarem uma banda interessante para o lugar de Foster The People) Peixe:Avião e Orelha Negra.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nova Musica Portuguesa

Por sugestão enviada por email pelo leitor Leo Ramos, aqui ficam mais duas bandas portuguesas:

Indignu — “Duzentas Promessas para um mundo melhor” — Álbum: Fetus In Fetu (2010)

Indignu, um dos novos projectos da Cidade de Barcelos, cidade que nos tem brindado com bons projectos como os Glockenwise ou Black Bombaim.

O poema que serve de letra a este tema foi escrito por valter hugo mãe.

Guta Naki — “Novo mundo” – Álbum: Guta Naki (2010)

Os Lisboetas Guta Naki, aposta clara da editora meifumado de Vila Nova de Famalicão, a mesma que ficou responsável pela gravação do primeiro álbum de We Trust.

O trabalho deste novo label pode ser visto aqui.


Com as etiquetas , , , , , , , , , ,

We Trust; I Like

We Trust – Time (better not stop) – single de avanço para álbum a editar em Setembro

Mais um exemplo de musica nacional com qualidade. Selo reconhecido. A primeira experiência musical editada pelo realizador André Tentúgal, criada com o objectivo de fazer boa musica saíndo dos padrões convencionais.

O realizador é desde logo responsável pelos videoclips de bandas e projectos como X-Wife, Mind Da Gap, Old Jerusalem, Os Tornados e Teratron.

O álbum, gravado em Famalicão contou com a participação nos instrumentais do conhecido Rui Maia dos X-Wife e de outros musicos, que à medida que iam passando pelo estúdio iam inventando novos instrumentais para os temas deste álbum.

Aguarda-se com expectativa a edição do álbum, sabendo que pessoalmente poderei desvendar mais do que este single no concerto em Paredes de Coura.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , ,