Tag Archives: Vyacheslav Malafeev

Breve comentário aos sorteios da UEFA (equipas portuguesas)

1. Benfica vs Zenit –

Eliminatória de 50%\50%. Os Russos são matreiros. Jogam bem tanto em casa como fora. O jogo da Rússia será decisivo visto que Spaletti deverá encarar o jogo da Luz para um empate com golos. Ao nível de potencial, as duas equipas equilibram-se. Pablo Aimar, Javi Garcia, Danny, Bruno Alves, Artur e Malafeev serão (para mim) os jogadores-chave desta eliminatória. Mesmo assim, aposto numa passagem do Benfica aos quartos-de-final da Champions.

2. Sporting vs Légia de Varsóvia.

Adversário sem grande nome na Europa. O Sporting é claramente favorito mas terá que fazer um bom jogo na Polónia para não ser surpreendido. Na 17ª jornada do campeonato polaco, estão no 2º lugar com 33 pontos e a julgar pelos índices demonstrados ao nível interno (1o vitórias, 3 empates e 4 derrotas; 29 golos marcados e 10 sofridos) tem-se mostrado algo irregulares fora, são o 2º melhor ataque da Liga e não sofrem muitos golos.

No plantel do Légia pautam jogadores experientes (e internacionais) como Michal Zewlakov, Srđja Knežević, o Português Manu (ex-Benfica e Marítimo) Ivica Vrdoljak, Michael Hubnik e o Sérvio Daniel Ljuboja.

3. Porto vs Manchester City

Grandes jogos em perspectivas. Contenders nº1 e nº2 à vitória na mesma poule. O nº1, por uma questão de respeito, atribuo ao Porto. O City é obviamente o nº2, o United o nº3.

Tudo poderá acontecer porque o Porto (apesar do enorme potencial que reconhecemos ao City) é uma equipa que se bate normalmente com qualquer equipa da europa e neste tipo de jogos, os jogadores usualmente motivam-se muito mais do que em jogos contra equipas banais.

4. Sporting de Braga vs Besiktas.

O Braga é finalista vencido da última época e tal e coisa, mas o  Besiktas é uma excelente equipa, com excelentes artistas, com um bom treinador e passa um bom momento de forma tanto a nível interno (3º a 6 pontos do líder Fenerbahce; por esta altura já estava arredado do título) como a nível Uefeiro.

Com jogadores como Manuel Fernandes, Simão Sabrosa, Hugo Almeida, Rusto Reçber, Ibrahim Toraman, Tomas Sivok, Sidnei, Ricardo Quaresma, Fabian Ernst e Edu, Carlos Carvalhal tem que ser ambicioso. E a verdade também tem de ser dita: este Braga de Leonardo Jardim não chega nem aos calcanhares do Braga de Domingos Paciência.

O Besiktas é favorito.

Como o futebol é uma constante evolução e como as rondas da Champions e da UEFA serão em Março, só me arrisco a tecer comentários aos restantes jogos das duas competições lá para Fevereiro, depois de analisados rendimentos e contratações no mercado de inverno.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,