Tag Archives: Vaticano

bom dia… agora a sério

cardeal

Uma imagem que jamais veremos. Num destes dias, escrevi aqui:O parlamento cipriota rejeitou hoje as sobretaxas de 10% e 6,5%, respectivamente, pelos depósitos bancários acima e abaixo de 100 mil euros. Um enorme gesto de dem0cracia representativa, com os deputados do partido de Anastasiades do Partido Democrático (democracia-cristã, conservadores) a absterem-se. Uma pergunta faz-se na minha cabeça: como é que seria em Portugal?” com a pergunta “como é que seria em Portugal referia-me à ideia de, em situação análoga à que se passou no Chipre nos últimos dias, um Eurogroup exigisse semelhante medida para os depósitos bancários dos cidadãos portugueses com aprovação prévia pelos deputados da República.

É aqui onde entra o líder da Igreja Ortodoxa de Chipre Chrysostomos II. Leio o elevador do Negócios escrito pelo sub-director Celso Filipe e transcrevo: “Chrysostomos II. É o líder da Igreja Ortodoxa de Chipre a qual pôs à disposição do Governo todos os seus bens. <<Toda a riqueza da Igreja está à disposição de Chipre para que possamos levantar-nos sozinhos e não com a ajuda de estrangeiros>> – afirmou o arcebispo. A Atitude de Chrysostomos II, que admite hipotecar as propriedades da sua igreja para ajudar o país não serve de exemplo para nenhuma outra instituição, mas dá o exemplo a muitas que fazem das palavras o seu único contributo para o bem comum” – fim de citação.

Acabei de tomar o pequeno-almoço e confesso que esta revelação, feita ontem pelo líder da Igreja Cipriota, deu-me uma bolada em cheio no estomago. Mais do que um gesto patriótico, corajoso, altruísta, digno, honrado, é uma balaustrada por completo nas instituições estatais cipriotas, no Eurogrupo, nas pretensões Alemães e até nos Oligarcas Russos que tanto querem salvar Chipre mas, à última da hora, não se chegam com os 7 mil milhões adicionais que o país precisa.

Interrogo-me se o nosso cardeal patriata (essa figura patusca que aparece na imagem a fazer sinais indignos aos olhos de Deus com os dedos) teve ou poderia ter semelhante atitude para com os seus cidadãos. Nicles. Com Papas Franciscos, Chicos ou papanicolaus para enfiar pelo útero, neste caso, tratando-se de um macho, pelo recto acima, ou sem eles, a Igreja Católica Portuguesa assim como o resto do cadáver de Pedro que nasceu nas margens da Loba que dava de mamar a Rómulo e Remo, de acordo com as suas hierarquias de aprendizes, seminaristas, diáconos remédios, padres, abusadores sexuais descarados e perventidos, bispos das forças armadas com rendimentos superiores a 8 salários mínimos nacionais, e cardeais que não queriam ser papas mas estavam mortinhos para açambarcar o Ouro do Vaticano no fim da sua existência, não só não teve qualquer atitude de realce para a superação dos problemas que afectam o país do que ladrar de longe contra o governo. O resto é a premissa proferida por Jesus Cristo no pai nosso, num remix discursivo “stick it” de fazer inveja a qualquer maoísta de início de carreira como Durão Barroso: “venha a nós o vosso reino” – porém, a Igreja, ao nível de atitudes e comportamentos perante os seus famintos fiéis não passa dessa frase na oração.

Com as etiquetas , , , , , , , , , ,

A Mão do Papa

Com as etiquetas , , ,

coisas que não percebo

papa

não é jovem ao contrário do que a igreja pretendia para efectuar a tão desejada renovação de imagem e planos estratégicos de actuação e para ter um líder capaz de suportar fisica e psicologicamente um papado que vai ser duro. vem dos Jesuítas (o fantasma da inquisição), adopta o nome de Francisco, o que torna o seu dimuitivo (Chico) uma poderosa bomba para trocadilhos e provocações tendo em conta o actual escândalo que mina o Vaticano (pedofilia e abuso sexual de menores). vem do país das pampas e acima de tudo vem de um país que neste preciso momento está a ser governado por uma lider nacionalista peronista (Cristina Kirchner) que após 30 anos de submissão a entidades estrangeiras devido a uma gigantesca dívida externa, está a tentar devolver a Argentina aos argentinos através de um conjunto de nacionalizações e de um modelo (justicialismo) que contempla a ajuda social, a justiça social, o interesse do povo e a submissão do indíviduo ao trabalho em prol de um estado organizado. vem de um continente complexo onde o crescimento económico desmedido de alguns dos seus países contrasta com o actual panorama económico europeu.

Jorge Mario Bergoglio, o arcebispo de Buenos Aires de 76 anos é conhecido por viajar de autocarro, por ter cursado Engenharia Química antes de ter enveredado pelo sacerdócio, por viver num apartamento modesto onde cozinha as suas próprias refeições e por duas medidas que causaram discussão na Argentina: aquando da eleição em 2005 do Papa Bento XVI pediu a todos os argentinos que tencionavam viajar a Roma para saudar o novo papa que não o fizessem e dessem o dinheiro da viagem aos pobres. Em 2010, manifestou-se contra a decisão de Cristina Kirchner legalizar o casamento homossexual. Não se lhe conhecem grandes luxos ou ostentações. Apesar de ter sido o 2º mais votado aquando da eleição de Joseph Ratzinger, entrou neste conclave com o estatuto de “kingmaker” e não com o estatuto de favorito na corrida. Diz-se pelo vaticano que é um puro idealista e goza de influência entre todo o colégio cardinalício visto que é uma pessoa que sabe escutar e raramente comete discursos radicais, inflamados e falácias. É tido como um homem inteligente, sensato e moderado e avesso a convites particulares.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , ,

coisas lá da Igreja

pedofilia, abusos e cenas do arco da velha. papas presos num quarto no período de sede vacante. não é estranho o termo vacante?

Com as etiquetas , , , ,