Tag Archives: Taça de Espanha

notas sobre o superclássico

1. Impressionou-me o Piqué pelas três certinhas que tirou ao Ronaldo.

2. Meteu-me impressão o Ricardo Carvalho pelo estado lastimável em que se encontra. Mal fisicamente, mal colocado, uma aposta de risco de Mourinho fruto da escassez que o Real atravessa ao nível de centrais.

3. Varane, não pelo golo mas sim por ter feito o seu trabalho e o de Ricardo Carvalho. Já escrevi aqui e volto a escrever que será o melhor central do mundo da sua geração.

4. Modric. Ter saído de Londres foi um erro crasso que futuramente será pago. O Madrid é o clube mais profícuo do mundo a destruir grandes carreiras.

5. O Daniel Alves e o Busquets continuam a dar lenha no Ronaldo como se não houvesse amanhã e a reclamar com o árbitro como se ainda tivessem razão.

6. A falta que faz um Falcao num ataque como o do Real Madrid.

7. Creio que no último lance do jogo Carles Puyol corta o remate de Sami Khédira com o braço.

8. Messi fez o que quis e só não fez mais porque ainda existia um Varane implacável pela frente, Ronaldo esteve perdulário.

9. Diego Lopez cumpriu aquele que vai ser o seu primeiro e único jogo pelo Real Madrid. Amanhã será apresentado outro guarda-redes no Bernabéu de nome Rui Patrício.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Título da Marca em Português

O Jornal madridista “Marca” avança uma capa para o dia de amanhã com o título em Português.

Em dois pequenos passos, o jornal e José Mourinho deram troco ao presidente do Sevilla José Maria Del Nido pelo vídeo promocional que o Sevilla criou para o embate da 1ª mão da Taça do Rei onde se poderia ler “Vais ficar sem o título” em Português.

Em Português se provoca, em Português se responde. Será desta que o clube andaluz aprende a lição?

Nota final: Sou um habitual seguidor dos sites da “Marca” como do “Sport” de Barcelona e sinceramente não sou fã do tipo de jornalismo que é praticado pelos dois.

Se todos sabemos que a “Marca” é o jornal ligado ao Real Madrid e o “Sport” ao FC Barcelona, o exemplo jornalístico que é dado pelos dois editorais é péssimo. Na “Marca” existem jornalistas que só servem para destabilizar interna e externamente, ou seja, para apresentar notícias falsas com vista à venda de jogadores que não gostam no plantel do Real e para destabilizar os rivais do Real. Já o “Sport” a atitude passa apenas por vanglorizar o Barça e destabilizar o Real Madrid, também muito à custa de notícias falsas.

Com as etiquetas , , , , , , , ,