Tag Archives: PCTPMRPP

Queixas eleitorais

A Comissão Nacional de Eleições já manifestou a intenção de efectuar queixas em relação a dois partidos devido ao comportamento dos seus candidatos e ao partido de um autarca municipal.

Os candidatos do PCTPMRPP Garcia Pereira e do PNR Pinto Coelho violaram as regras eleitorais no que toca à execução de propaganda fora do prazo de campanha através de declarações proferidas pelos dois líderes.

O PCPTPMRPP já reagiu à queixa, mostrando-se interessado em actuar com uma queixa-crime no Ministério Público contra a CNE.

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Sondagem #7

Tratando-se de um acontecimento com especial relevância para o país, cumpre-me em primeiro lugar esclarecer alguns pormenores em relação a esta sondagem:

1. A sondagem decorreu entre os dias 22 de Maio e 5 de Junho neste blog. Como tal, destinou-se aos leitores do mesmo no sistema de 1 voto por leitor. Não foi elaborada segundo os métodos tradicionais, não respeitando portanto o sentido de voto por circulos eleitorais.

2. Os resultados obtidos pela poll são meramente indicativos do sentido de voto dos leitores. Poderão como tal não corresponder aos resultados finais de logo à noite.

Assim sendo, perante a pergunta “Qual será o seu sentido de voto a 5 de Junho?” a sondagem obteve 74 votos, apurando-se os seguintes resultados:

PS – Partido Socialista – 23 votos – 31,08%

PSD – Partido Social Democrata – 18 votos – 24,32%

BE – Bloco de Esquerda – 7 votos – 9,46%

CDSPP – Centro Democrático SocialPartido Popular – 7 votos – 9,46%

CDU – Coligação Democrática Unitária (PCP + PEV) – 6 votos – 8,11%

PNR – Partido Nacional Renovador – 3 votos – 4,05%

PCTPMRPP – Partido Comunista dos Trabalhadores PortuguesesMovimento Reorganizativo do Partido do Proletariado – 2 votos – 2,7%

MMS – Movimento Mérito e Sociedade – 2 votos – 2,7%

PND – Partido Nova Democracia – 1 voto – 1,35%

Abtencionistas: 2 – 2,7%

Votos em Branco – 3 – 4,05%

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , ,

Onde está Garcia Pereira?

As televisões generalistas (obrigadas por uma sentença judicial do Tribunal de Oeiras após a entrega de uma providência cautelar por parte do PCTPMRPP) tiveram de acatar a vontade do partido de Garcia Pereira em filmar 16 debates que o punham frente a frente durante meia-hora com os candidatos às eleições legislativas dos restantes 16 partidos.

Ontem, Garcia Pereira teria direito a filmar 5 debates contra os candidatos de partidos pequenos. Estando disponíveis para tal, os candidatos lá apareceram e qual o espanto, o líder do PCTPMRPP não apareceu para cumprir o desejo do seu partido. Motivo: o facto das televisões não passarem os debates em directo.

Tanta luta, tanta luta, e tanto desrespeito pelos seus adversários.

Garcia Pereira não só perdeu oportunidades de mostrar ao país o programa eleitoral do seu partido, como prejudicou claramente a vida aos seus adversários políticos que efectivamente perderam tempo na deslocação aos estúdios televisivos quando poderiam estar nas suas campanhas.

Se o argumento do líder do PCTPMRPP acerca de toda esta problemática se trava na falta de legitimidade democrática das televisões em apenas concederem voz aos partidos com assento parlamentar, a sua atitude no dia de ontem também não revela um espírito democrático aberto.

Quem perde é o PCPTMRPP. Com este tipo de atitudes, jamais chegará um dia a ocupar um lugar na Assembleia da República.

Com as etiquetas , , , , , , ,

MRPP com todos

Saúda-se a decisão judicial do Tribunal de Oeiras à providência cautelar imposta pelo PCTPMRPP que obriga as 3 televisões que promoveram os debates televisivos entre os 5 partidos com assento parlamentar a conceder 16 novos debates entre o candidato às eleições legislativas Garcia Pereira e os restantes 16 candidatos ao escrutínio de 5 de Junho.

Em democracia, considero completamente desleal o facto de todos os partidos candidatos não terem direito aos mesmos instrumentos de divulgação dos seus ideais e dos seus programas de governo. Não só é desleal o facto dos debates televisivos serem apenas privilégio de 5 partidos, como também é desleal o facto das campanhas dos partidos que não têm actualmente assente parlamentar não merecerem grande destaque nos principais órgãos de comunicação social.

Com 16 debates pela frente, será desta vez a oportunidade que Garcia Pereira tanto anseia para chegar ao Parlamento?

Com as etiquetas , , , , , , , ,