Tag Archives: Juventude Social Democrata

sócrates (I)

Sic Notícias – 19.25 – Nos estúdios da RTP, a jornalista entrevista o presidente da JSD e o creonte, com um discurso encomendado pelas damas ofendidas lá de São Bento,  apelida José Sócrates o campeão da dívida. Rapidamente, a jornalista deixa Hugo Soares a pregar aos peixes e o camaraman muda a lente para um grupo de senhoras que empunha rosas na recepção a José Sócrates à frente da entrada dos estúdos. Tudo isto é divino, purgante, uma coisa maluca, um cheiro de República Centro-Africana no reino da Étiopia. Isto é que é ser líder. O querido líder vai chegar e vai ver um grupo de senhoras de meia-idade de rosas em punho para a sua gloriosa recepção. E o presidente da JSD a falar pró prego. Líder que é líder tem que ser recebido com apoteose, com um fleurma caudilhista que faz deste nosso Portugal uma Bolívia plantada numa verruga de cú da europa. Isto é de um povo que nunca dorme. Isto é de um povo que também nunca acorda. Divino, divino, divino…

Com as etiquetas , , , , , , , , , ,

(Exceptuando o João Gonçalves) quando todos juntos não fazem um de jeito

Nunca me entrou nesta cabeça dura para que servem estes núcleos. Se os da UC já pouco ou nada mexem (excepção feita ao NEPUC do meu amigo Bonifácio) criar um na FEUC é ideia de malucos… Até sei para que é que estes núcleos servem. Para aumentar o ego do também meu amigo Dino Alves e o seu alcance político dentro da Academia, para encher chouriços e para botar finos na boca em troca de novos militantes. Mas isso é o sublime da coisa – criar redes com vista a objectivos futuros do hegémon interno, neste caso, o Dino Alves. Mas pronto.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , ,

De chorar a rir!

clique para ampliar

 

Sem comentários. Política de garotos. E que tal resolverem os vossos problemas pessoais num ringe de boxe e não na porta da edilidade pública e nos jornais?

Com as etiquetas , , , , , , , , ,

sacanices

Recebi inúmeras mensagens nos últimos dias a relatar que elementos do projecto “Liga-te” andaram que nem doidos a arrancar cartazes do Desperta a Academia. Em Direito, no Departamento de Engenharia Civil, em Arquitectura e em Farmácia.

Recebemos também a confirmação de fonte segura que o Projecto “Liga-te” de Ricardo Morgado recebeu uma injecção de capital no valor de 18 mil euros da JSD\Nacional e 7 mil do PSD\Guarda. A confirmarem-se tais valores, não existe vergonha nenhuma para com quem, em alturas de crise, faz das tripas coração para subsistir. 

Tal leva-me a concluir que o PSD e a sua juventude estão a pagar para terem um presidente da AAC passivo em relação ao governo. Já agora, o Ricardo Morgado é militante activo da JSD. Será que ao menos terá a humildade de se desfiliar caso seja eleito presidente da AAC e assim cumprir os estatutos da AAC?

Existem também relatos que elementos da mesma lista estão a servir-se da manifestação de dia 24 para cativarem estudantes a votar nessa mesma lista.

Na minha terra, isto chama-se uma pura sacanice. Vindo dos elementos desta lista, nada me espanta. São loucos, capazes de tudo para se agarrarem ao tacho. E ainda não viram nada…

 

Com as etiquetas , , , , , , , ,

Pela Padre António Vieira

O e-estudantee-leitor mais atento sabe do que falei e de quem falei aqui.

De Praga vem o perigo para a cadeira do poder. A carburar, a jotinha laranja está fisgada em retirar a AAC ao presidente filiado na jotinha da rosa socialista.

No meio de toda esta jogada, há quem se roa de inveja e quem ande a tentar o tudo por tudo para impedir que certa e determinada pessoa chegue a concretizar os seus planos.

Padrinhos há de sobra. Mais uma vez, na pobre AAC serão os “velhos do poder” a decidir quem serão os candidatos e que apoios serão granjeados para que estes atinjam o cadeirão do 2º piso.

O blogger sofre. Farta-se de avisar mas ninguém o ouve. Tomam-no como maluco. O ditador Romano Gaius Julius Caesar, aquando do episódio da sua morte,  apunhalado à entrada do Senado Romano aos pés daqueles que tentavam zelar pela continuidade da República Romana,  proferiu a celébre frase ao seu protegido (e um dos conspiradores) Marcus Junius Brutus quando este o apunhalou: “Até Tu Brutus?”

No jogo do vira-casacas e das facadinhas nas costas da Padre António Vieira, alguém será apunhalado por um ou dois dos seus protegidos. Se bem que existem outros, armados em galifões com crista, que num piscar de olhos viraram santos para ver se chove alguma coisa para o lado deles. Em momentos como este a sede de protagonismo fala mais alto que o imperativo de querer mandar em tudo o que mexe.

Quem não é visto não é lembrado. Quem não toma cafézinho na esplanada do InTocha nestes dias penosos de exame não aparece no organigrama. Quem não aparece na esplanada do InTocha é porque anda a… conspirar!

Outros, de tão queimadinhos que estão pensam que a abertura fácil de um extintor os pode devolver a esperança de um dia ao 2º piso da AAC voltar. Engane-se o parvo que julga dominar a AAC a partir da Faculdade de Direito.

Para já, é o que o blogger pode dizer. Não irei revelar mais que isto. Prefiro que a festa continue.

Com as etiquetas , , , , , ,