Tag Archives: Internet

NBA 2012\2013 #50

Robinson 2

pois…

Com as etiquetas , , , , , ,

quem escreveu isto é pura e simplesmente um rei e tem a minha vénia

elias

relativo a:

O jogador mais caro do Sporting (9 milhões ao Atlético de Madrid), titular da selecção brasileira, com um ordenado de 100 mil euros mensais, prova ser um gajo extraordinário para trabalhar na atribuição das estrelas Michelin a restaurantes de São Paulo via twitter. No campo é outra história. Talvez seja muito feijão com arroz acumulado na bucha. Guilherme Fogaça, tens a minha vénia.

Com as etiquetas , , , , ,

os 10 melhores do ano para a Biciclismo

O Site Biciclismo.com, portal espanhol especializado na modalidade, está a promover um concurso na sua página de facebook para a nomeação dos 10 melhores ciclistas do ano 2012.

Bastará aos utilizadores deixar na barra de comentários os 10 nomes deste ano velocipédico. Eu já fiz a minha escolha e optei pelos seguintes 10: Rui Costa (Portugal\Movistar), Braddley Wiggins (Reino Unido\Team Sky), Peter Sagan (Eslováquia\Liquigás), Joaquin Rodriguez (Espanha\Team Katusha) Philippe Gilbert (Bélgica\BMC), Alexandre Vinokourov (Casaquistão\Astana), Christopher Froome (Reino Unido\Team Sky), John Degenkolb (Alemanha\Team Argus), Michelle Scarponi (Itália\Lampre), Ryder Hesjdal (Noruega\Garmin).

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

dos comentários neste blog

Hoje um tal de João Santos (utilizador que ironicamente só comenta quando existem assuntos que tocam na esfera da empresa InTocha) largou esta bela pérola:

joaosantos22diz:

Caro João Branco,

Já se fala que um dos bloggers mais isentos de Coimbra, você, foi comprado pelo NB.

20 notícias a citar o sexo e a cidade a falar mal do intocha, mas quando a verdadeira bomba estala nem um ai nem um ui?

Se está preocupado com a saúde financeira da AAC, isto sim é grave. Sem contrato…

http://denunciacoimbra2.wordpress.com/2012/09/17/os-tiros-cirugicos-da-paradise-house/

 

Ainda me dou ao trabalho de ver de onde são desenterrados estes cromos.

(ampliar para ver)

Gato escondido com rabo de fora. Peguei no email fornecido por este indivíduo e fui ver se o desencantava pelo facebook.

ainda bem que o facebook existe!

Existe sim senhor!

Afinal de contas quem é este João Santos que estuda na Universidade de Aveiro e interessa-se imenso pelas actividades coimbrãs da empresa InTocha?

Parece-me que para bom entendedor meia palavra basta.

Ironia das ironias dá-se quando estou a tentar cruzar o mesmo indíviduo com outros comentários publicados no passado. Até que vou dar com este “João Santos” (obviamente que é um perfil falso e comandado de dentro da AAC) com este belíssimo comentário num outro post onde é mencionada a empresa InTocha:

Faz-me lembrar o modus operandi de quem já quis dizer a verdade sobre a relação da referida empresa com a Associação Académica de Coimbra mas que por medo ou represálias decidiu passar para o outro lado.

Palavras pra quê?

Com as etiquetas , , , ,

UEFA Champions League Fantasy Football

Para quem tiver equipa formada (ou que queira participar aqui) o Entre o Nada e o Infinito tem uma liga privada cujo código de entrada é: 1341783-451493

Todos serão bem vindos.

Com as etiquetas , , , , ,

Não comam a SOPA nem bebam da PIPA

Eu sei que o título é estranho e é dúbio.

O Jimmy Gales está furibundo porque não lhe andam a doar verdinho para manter a wikipédia online. Mas desta vez até tem razão.

Agora a sério, vamos impedir as propostas governamentais dos americanos em limitar o livre acesso ao conhecimento.

A SOPA e a PIPA são claras amostras do medo que o governo Norte-Americano tem ao livre conhecimento, à liberdade de crença ideológica e por consequência à eventual revolta contra todas as mentiras que o mundo americano contou à Humanidade desde a 1ª Guerra Mundial.

Juntem-se ao protesto, informando-se.

 

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , ,

coitada

Ler aqui.

Que filme que vai na cabeça desta senhora quando esta se refere ao artigo 19 da Declaração dos Direitos Humanos.

Passo a transcrever o referido artigo:

“Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.”

Confesso que deve ser chato para a referida senhora ver a sua informação retirada e mesmo pessoalmente sendo a favor do aborto nos moldes legais e médicos de como é praticado em Portugal.

Se pensar pela mesma lógica se eu escrever “eu sou um cabeça de pénis” no facebook, poderei ver a minha conta suspensa por atentado ao pudor e por violação das normas e termos impostos pelo facebook na adesão e criação de uma conta. No entanto, à semelhança daquilo que foi colocado na rede social pela referida senhora, caso o facebook me condene pela hipótetica afirmação que aqui coloco também me estará a castrar o direito à liberdade de opinião e expressão que me assiste pela DUDH.

Agora, analisando a fundo a situação, e como constatei que Rebeca Gomperts é licenciada em medicina, saberá perfeitamente que não é ético aconselhar um aborto seguro numa rede social quando tratamos de uma intervenção médica que deve ser feita num hospital e sob a responsabilidade de profissionais habilitados academicamente para tal. É aliás, um incentivo expresso a uma prática que excede aquilo é tolerável pelo zelo de uma saúde pública de qualidade.

No que toca ao artigo 19º da DUDH e já que a referida senhora é uma activista, que se preocupe por exemplo em denunciar os milhares de pessoas por esse mundo fora que querem realmente denunciar as mais diversas barbaridades praticadas pelo homem e por questões de censura não podem efectuar essas denúncias.

E já agora, a minha piada do costume: se o facebook apenas retirou a imagem do perfil, o Paulo Portas comprou 2 submarinos para atacar o barco do aborto onde se encontrava esta Rebecca Gomperts. Isso sim é de nível: endividou um estado e com a mania das grandezas meteu os dois bichos a tentar afugentar um barquito que até o Navio Escola Sagres era capaz de mandar ao fundo do Oceano.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , ,

verdades

Com as etiquetas ,

Demissões Parte III

O Presidente da Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra, apaga todas as postagens que o Entre o Nada e o Infinito lhe coloca no seu mural de facebook e as perguntas que o seu autor (João Branco) lhe deixa a título pessoal no referido perfil.

Nem é uma questão de se dar ao trabalho de responder. Apaga, porque não tem uma resposta às perguntas que lhe formulo. Mais uma vez se vê a falta humildade deste presidente da Direcção-Geral, assim como outros tiques nada democráticos.

Relembro-lhe portanto, um trecho da conversa telefónica que tivemos na célebre noite da ameaça de um processo judicial. O Eduardo, em tons agressivos, pedia-me encarecidamente para o consultar sobre ocorrências no seio da Direcção-Geral\Explicações sobre tomada de acções e decisões da sua parte antes de escrever o que fosse no blog. Dizia-me ele que “era para evitar escrever factos inverosímeis e caluniosos”. Lembras-te Eduardo? Pois bem, foi o que fiz. Pedi-te uma explicação. Tu habilmente apagaste. Volto a relembrar as tuas palavras quando me criticavas “que eu só escrevi aquilo que me interessava” – pois bem, acho que acabaste “de cair no meu erro”.

E de facto, não conhecia esses tiques de tirano em ti.

Até na questão da demissão do Miguel, tu não quiseste saber do Entre o Nada e o Infinito e enviaste a nota para o Sexo e a Cidade.

Como é que queres que escreve, se não me envias a tua nota com a versão dos factos?

Pergunto-te então aqui, publicamente: Quando é que te demites?

Segunda-Feira, irei perguntar-te em Assembleia Magna, podes estar descansado.

Daqui não levarás uma única palavra de apreço. Porque não a mereces.

 

Com as etiquetas , , , , , , , , , ,

Olá, eu sou o 79,952,214,440

No mínimo engraçado este site.

Eu sou o 79,952,214,440 a existir na civilização humana, o 13,253,512,720 europeu, e quiçá um número mais pequeno entre os portugueses.

Com as etiquetas ,

Restart (2)

No passado sábado, supostas transferências contínuas de vírus informáticos através do servidor em que estava alojado o blog antigo não permitiam postar.

Depois de contactado o servidor e deste ter respondido com a promessa de ultrapassar o problema gerado com a maior brevidade, vários dias se passaram e nada disso veio a acontecer. Dado que já ponderava migrar o blog, acabei por fazê-lo para a WordPress até porque creio que este ainda não registou uma afluência que o faça carecer de utilização num domínio privado.

Voltamos então à blogosfera por mão da WordPress e voltamos com o espírito redobrado.

Este blog tem a partir de agora um novo restart.

 

Com as etiquetas , , , , ,

os feicebucks

(clique na imagem para aumentar)

Pelo que parece, não são apenas os blogs que fazem pulsar o ritmo da academia.

Este print, gentilmente retirado da página do facebook de um presidente de núcleo, demonstra que a AAC está na vanguarda da utilização das novas tecnologias. Não só se marcam reuniões pelas redes sociais, como se trata da agenda pelo mesmo método. Qual videoconferência, qual skype, qual old-fashioned MSN: o facebook está mesmo a acelerar o ritmo desta academia.

Quem não acelera o ritmo é o Conselho Fiscal. As novas tecnologias atordoam a lentidão de um órgão da casa sem rei nem roque. O Conselho Fiscal e os seus membros tem um passividade tal, que chega ao ponto de um presidente de núcleo ameaçar e com toda a razão o Presidente do Conselho que vai aprovar o regulamento do núcleo à luz da Lei Alves, e em conformidade com os estatutos da AAC, porque esperou 2 meses pelo envio do modelo do regulamento interno dos núcleos e não obteve qualquer resposta. Típico de um conselho fiscal que não actua e cujos membros estão ausentes, sabe-se lá em que cafézinhos com vista a assegurar a pole position para continuar a reinar na AAC à custa dos pobres estudantes que neles confiam uma missão e saem sempre gorados.

Tão típico de um conselho fiscal que deixa que núcleos e outras secções culturais (como a secção de jornalismo) tenham o dom de escolherem chá e café em simultâneo no que toca a estatutos.

O que é mais curioso é que a resposta do fiscal é sempre a mesma: faz o que te apetece que depois estamos cá para te queixares ou para te apresentar uma queixa. A moral da história acaba por ser: Se estamos à espera que o fiscal actue no quer que seja, mais vale esperarmos sentados.

O resto, o resto são bolas. Perdão. Eram bolas.

Com as etiquetas , , , , , , ,

Trauliteiros AAC

Um gentil amigo comunicou-me que propôs o meu nome para um grupo secreto na rede social Facebook constituído por malta da AAC chamado “Trauliteiros AAC”.

Consta que todas as entradas nesse grupo tem que ser “ratificadas” por todos os membros do grupo. Todos os membros concordaram, excepto Samuel Vilela. Sim, esse mesmo.

O jovem aguedense, perdão, não gosta efectivamente de mim. Que se torne público que eu efectivamente também não gosto dele.

Resta-me então a consideração prática inscrita na pedra de ser terrorista em demasia para sua excelência.

Como tal, até tenho a benessezinha de lhe dedicar uma grande musica aqui do meu extenso repertório musical:

Com as etiquetas , , , , , , ,

Toca a ajudar à festa

Eu cá acho a ideia engraçada e não me importava nada que os meus pais me tivessem dado esse nome.

Toca a ajudar à festa aqui. A página está neste momento com 68 mil fãs, já existe um blog oficial para angariar mais e já teve os problemas do costume com o facebook.

Fica aqui o meu contributo para o que puto possa nascer com saúde em Fevereiro e daqui a uns anos brinque com a aposta que lhe deu nome.

Com as etiquetas , , , , , , , , ,