Tag Archives: Incêndios

sad stories

Pedro Brito, 38 anos, natural de Coja (Arganil): um verdadeiro herói nacional.

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , ,

the man and the beast

The telegraph – Madeira.

Alberto João Jardim já veio fazer o choradinho que eu previa. O terrível incêndio que deflagrou na ilha é motivo para o presidente do governo regional vir a público afirmar que seria bom renegociar o plano de ajustamento das contas da ilha derivado da catástrofe.

Vindo daquela mente doente, já não me admiro nada que o incêndio tenha sido deflagrado com o intuito de poder granjear um programa mais leve para a ilha. No reino de Jardim, vale tudo: até cometer crimes contra os seus representados.

Com as etiquetas , , , , ,

zeus os proteja

Na Madeira não falta dinheiro para o turismo. Não falta o carnaval, não falta o fogo de artíficio.

Na Madeira não faltam estradas, pontes e túneis e outras infra-estruturas rodoviárias completamente desnecessárias para as necessidades da ilha.
Porém, as infra-estruturas existentes são insuficientes para que os bombeiros possam chegar facilmente às zonas que estão a arder.

Alberto João Jardim afirmou recentemente que a Madeira não carece de bombeiros. Mas carece de meios aéreos para combater os incêndios e de infra-estruturas para meios aéreos.

Não desvalorizo a necessidade da Madeira construir riqueza para a ilha através do Turismo porque o Turismo é a principal fonte de rendimento da ilha. Desvalorizo sim, a excessiva verba que é gasta pelo Governo Regional Madeirense nesse sector, em contrapartida à mingua do que é gasto no planeamento urbano e rural e no acesso a dispositivos e equipamentos capazes de dar respostas rápidas a situações de calamidade.

A enxurrada do ano passado parece ter sido esquecida. A água tudo levou. O fogo tudo parece arder. Nas zonas rurais, os amontados de casas construídas nas encostas, umas atrás das outras, não parecem ter sido alvo de qualquer licenciamento. Nessas mesmas zonas, é mais fácil o fogo derrubar aldeias inteiras do que encontrar uma estrada que permita um carro-tanque evitar a miséria. Tudo me faz crer que no inverno, um dilúvio de semelhante escala ao de 2011 poderá levar o resto que o lume não consumir desta vez.

O ditador já começou o seu espectáculo. Em vez de se optar pela criação de um plano para este tipo de situações, prefere atirar as culpas para os incendiários e está claro, para o continente. Suspeito que depois desta calamidade, Alberto João servir-se-à da miséria para tentar renegociar a dívida da ilha e para mandar mais algumas farpas ao continente. Como é seu apanágio…

Com as etiquetas , , , , , ,

Inferno em Moscovo

Moscovo, às 13:08 de hoje numa foto tirada por José Milhazes (jornalista enviado da SIC para a Rússia) que pode ser vista no Blog “Da Russia”. O referido blog tem ligação directa a partir deste blog. Para se ter uma noção exacta desta situação aconselho que visitem o referido blog.

Este verão está a ser um autêntico inferno na Rússia. Que o digam os Moscovitas. As altas temperaturas e o  fumo dos incêndios activos espalhados pelos arreadores da capital (e um pouco por todo o território Russo) estão a causar há alguns dias uma intensa camada de fumo sobre a capital do país.

A camada de fumo está a espalhar o pânico entre os habitantes da capital Russa. Algumas embaixadas fecharam. Alguns governos deram ordem de regresso aos seus empregados até que este problema seja ultrapassado. Muitos milhares de Moscovitas tem medo de sair à rua e tem medo de abrir as suas janelas com medo que possam morrer intoxicadas pelo fumo.

As autoridades Russas já deram indicações precisas aos seus cidadãos para terem precaução nos próximos dias. O Ministério para Situações de Emergência do Kremlin também já tomou medidas e enviou mais mil homens para os arredores da capital para ajudar à extinção dos incêndios que duplicaram neste sábado: “”Estamos a reagrupar forças e meios para enviar para as regiões mais complicadas da Rússia, incluindo a de Moscovo. Nos arredores da capital, o corpo de bombeiros será aumentado em mil homens e 200 unidades técnicas”, declarou um porta-voz do governo Russo.

É incrível como as alterações climáticas já se fazem sentir em Moscovo. Num reduto caracterizado pelo rigor do inverno, as temperaturas têm ultrapassado os 35º nos últimos dias.

Com as etiquetas , , , , ,