Tag Archives: Guimarães

justiça salomónica

se eu atirar um petardo no EMA a meio de um jogo do Beira-Mar e for visto a atirar o petado por um steward, a segurança do clube tem ordens para me tirar do estádio, chamar a polícia, e esta pode-me identificar. se me identificar, vou a tribunal, apanho uma coima, sou proibido de ir a estádios de futebol durante vários anos e posso até ser preso efectivamente até 2 anos pelo acto. lá em guimarães, por isto, o máximo que acontece é o clube apanhar 1 jogo à porta fechada no próximo jogo em casa da equipa B e outro da equipa principal. tudo em guimarães parece ser permitido. transformar as bancadas em autênticas batalhas campais, atirar pedras à claque adversária, fazer esperas no final da partida com os putos à frente para depois entrarem em cena os maiores, apedrejar autocarros adversários e persegui-los até à autoestrada se for preciso. depois deste tipo de sanções por parte da Liga, continuará tudo a ser permitido. é por isto que muitas famílias não vão ao futebol. O responsável? A Liga de Clubes…

Com as etiquetas , , , , , , , ,

Em Coimbra, as cantinas continuam fechadas ao fim-de-semana

Com as etiquetas , , , , ,

Marcha atrás em Guimarães

O presidente da Câmara de Guimarães retirou confiança política à Fundação Cidade de Guimarães, fundação encarregue do programa “Capital Europeia da Cultura 2012” e à sua líder Cristina Azevedo.

O autarca António Magalhães justificou essa decisão pelo atraso que a fundação estava a provocar na organização e programação do evento.

Porque é que será que foi retirada a confiança política?

1. O barraco que a Fundação deu ao anunciar o nome dos Coldplay como um dos pontos altos das festividades, nome que criou muita expectativa entre o público e viria a ser desmentido semanas depois.

2. Grupos de trabalho bem pagos, que pouco ou nada se reuniram desde a sua criação. Um rojo de dinheiro que foi pago a esses grupos de trabalho, sem que qualquer trabalho visível fosse produzido.

3. 2012 é já dentro de 5 meses e ainda não existe uma programação concreta e sólida.  Aliás, nem existe um protocolo assinado. No entanto, é incalculável o dinheiro gasto pela Câmara e pela Secretaria de Estado da Culturaantigo Ministério da Cultura na programação do evento. 

4. Cristina Azevedo está a ser muito criticada pelas associações culturais locais, devido à exclusão de algumas destas dos eventos.


Com as etiquetas , , , , , , , , , ,