Tag Archives: Greve Geral de 24 de novembro de 2010

Vergonhoso

O país está praticamente parado! A Greve Geral dos Trabalhadores, segundo números da CGTP e da UGT está perto dos 80% em todo o país.

Os trabalhadores saíram às ruas para se manifestar contra o actual panorama da vida social e económica Portuguesa. Centenas de escolas, aeroportos, serviços judiciais, hospitais, fábricas e serviços públicos estão encerrados. Dezenas de voos de Portugal para o estrangeiro e do estrangeiro para Portugal foram cancelados, assim como foram suprimidas dezenas de carreirasviagens nos serviços municipais de transporte, metro e comboio das principais cidadeslinhas do país.

O povo está a mostrar a sua força como nunca perante a aberração do governo socialista e perante as políticas que cortam o direito a uma vida condigna.

Neste vídeo, gravado durante a madrugada de hoje é vergonhoso ver os polícias de intervenção rápida a fazer um cordão para empurrar os piquetes de greve dos CTT sem que nada o justificasse. É uma imagem triste, que relembra o Portugal da Velha Senhora em que ninguém podia expressar livremente as suas opiniões e actuar de acordo com a sua própria consciência.
São imagens tristes que mancham o nome dos Polícias em causa, também eles cidadãos fustigados pelos efeitos dos sucessivos pacotes de austeridade que o denominado “Estado Social da fachada” que o nosso primeiro ministro tende a anunciar a todos os lares Portugueses.

Até quando é que vão continuar a defender um governo como o fizeram na passada manifestação estudantil na Assembleia da República? Vão continuar a defender o governo quando os vossos filhos não tiverem comida na mesa? Vão continuar a defender o governo quando forem despedidos de um dia para o outro? Vão continuar a defender o governo com os sucessivos cortes salariais que sofrem quase todos os meses? Vão continuar a defender o governo quando os vossos filhos chegarem a casa derrotados porque não tem emprego nem futuro neste país?

Tenham vergonha! Quem se sente capaz de executar as medidas que executou pelo tesão do poder, que agora saía à rua e sofra na cara o protesto popular. José Sócrates e o seu executivo deveriam sair à rua sem polícia para testemunhar na pele a indignação, a revolta, a miséria, a fome, a falta de emprego, a falta de poder de compra, a falta de qualidade de vida, a falta de futuro para os jovens, a falta de um ensino de qualidade.
José Sócrates e o seu executivo deveriam ser obrigados a sair à rua e sentir na pele as consequências dos seus actos!

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , ,

Greve Geral


Se o sistema em que vivemos faz com que este país seja para uns, que esses tomem conta dos país sozinhos!

Por isso, cabe-me obviamente apelar a todos os trabalhadores, estudantes, desempregados e reformados deste país para que amanhã dia 24 de Novembro que faltem aos seus empregos e às aulas e saiam à rua para paralisar todos os sectores deste país, mostrando aos Orgãos de Soberania deste país, que sem mão-de-obra trabalhadora, o país não vai a lado nenhum! A força está do lado de quem trabalha! A força está do lado do futuro deste país!

Sem os trabalhadores, não existe lucro, não existe luxo para os grandes magnatas do capitalismo nem receitas para um Governo que está a castigar excessivamente um povo.

Vamos sair todos à rua em todas as cidades do país, contra os sucessivos PEC, contra os sucessivos pacotes de medidas de austeridade, contra a asfixia no poder de compra dos cidadaos, contra a fome, contra a exclusão social, contra a vida marginal que este governo faz sentir a partir das suas medidas.

Vistas as coisas, esta merda de governos do Bloco Central não dão uma vida condigna à força de trabalho que faz evoluir a economia. Esta merda de governos do Bloco Central não oferecem um futuro aos jovens que estão a gastar fortunas no Ensino Superior para oferecer uma melhor especialização técnica aos diversos sectores, ajudando assim para que este país avance no retrocesso em que está mergulhado. Por isso, vamos para a rua, temos que nos revoltar contra o actual ponto de situação, temos de nos revoltar contra a miséria que estes governos nos tem votado.

Vamos sair à rua e mostrar que o povo está mais unido que nunca! É o apelo que vos deixo.

Com as etiquetas , , , , , , , , , ,