Tag Archives: Governo Grego

expressionismo europeu e miséria social no seu estado puro

gréciagrécia 2

Grécia 3

Imagens que estão a correr mundo. Na sexta-feira, em Atenas, centenas de agricultores decidiram protestar junto ao Ministério da Agricultura por causa do aumento exponencial dos custos de produção do sector, oferecendo fruta e legumes aos cidadãos. Em pouco tempo juntaram-se milhares de pessoas no local, havendo centenas de pessoas a empurrar-se e a suplicar por comida junto dos agricultores.

Com as etiquetas , , , , , , , ,

verdade

“Estamos a fazer tudo o que podemos para assegurar que a Grécia fica de pé. E eles [os alemães] fazem tudo o que têm ao seu alcance para garantirem que falhemos. Não sei se o fazem conscientemente ou por serem estúpidos”

Antonis Samaras, primeiro-ministro Grego

Com as etiquetas , , , , ,

nota de destaque

Samaras chegou ao governo grego e adoeceu. Consta que o seu ministro das finanças também. Logo os dois. Não é motivo para menos.

 

Com as etiquetas , , ,

Em Atenas

Em Atenas, o governo Socialista de George Papandreou nunca esteve tão abandonado e tão cercado de protestos sociais.

O Governo Grego está à beira da bancarrota. Por imposição europeia para receber um novo resgate que pode ir até aos 120 mil milhões de euros + a última tranche do primeiro acordo negociado com o Banco Central EuropeuFundo Monetário Internacional e Comissão Europeia, o Parlamento Grego terá que aprovar amanhã um novo pacote de medidas de austeridade que ostenta mais despedimentos e cortes na Administração Pública, uma subida gradual de impostos, a perda de regalias por parte de funcionários da Administração Pública e familiares como o caso da pensão vitalícia que os filhos de funcionários da Administração Pública tinham direito por morte dos país, aumento das taxas de cuidados hospitalares e reduções dos encargos das finanças públicas, entre outras medidas.

Nas ruas, está marcada uma greve para as próximas 48 horas. Como podemos ver nestes dois vídeos, as ruas de Atenas estão a ferro e fogo. São milhares de pessoas contra cerca de 5 mil soldados policiais.

No Parlamento Grego, embora o Partido Socialista de Papandreou disponha de maioria absoluta, existem deputados do mesmo que não quer votar a favor de mais medidas de austeridade por estes irem contra os seus princípios. Caso as novas medidas de austeridade passem amanhã no Parlamento, prevêem-se dias terríveis em Atenas. Grupos activistas Gregos acreditam que este problema económico, financeiro e social que afecta o país Helénico não é mais do que o princípio das novas revoluções nos países periféricos da Europa contra o grande capital e a hegemonia dos interesses das grandes potências europeias sobre as instituições europeias. 

Caso as medidas de austeridade não passem no Parlamento Grego, não existe um re-financiamento mundial à Grécia. Se não existir esse re-financiamento, pura e simplesmente, a Grécia cai numa situação de bancarrota nas próximas semanas e poderá ser convidada a sair da zona euro, cenário que seria catastrófico para as políticas de integração europeias no que toca à constituição de uma União Económica e Monetária, para o Mercado Europeu e para a estabilidade da própria moeda.

Isto no dia em que o Governo Português apresentou o seu programa eleitoral e em que em Espanha reclamou-se novamente eleições antecipadas.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , ,