Tag Archives: Frederico Gil

Memorável

A campanha de Frederico Gil no Masters 1000 de Montecarlo.

Gil tornou-se o primeiro tenista português a chegar aos quartos-de-final de uma prova masters, depois de ter derrotado o Francês Gael Monfils (10º do Ranking ATP).

Nos quartos-de-final mede forças contra o 4º da hierarquia mundial, o Escocês Andy Murray. Caso vença, Gil consegue uma vitória inédita para o ténis Português. Com esta vitória, Gil somou 205 pontos para o ranking e segunda-feira subirá ao seu melhor posto de sempre (66º) podendo subir mais caso consiga chegar às meias finais ou à final.

A prestação de Frederico Gil em Montecarlo é um bom augúrio para o Estoril Open, que se realizará em Maio. Relembro que na edição do ano passado, Frederico Gil foi finalista vencido, tendo perdido o título do certame português para o Espanhol Albertt Montanès.


Com as etiquetas , , , , , , , ,

Até que enfim!

À 10ª tentativa foi de vez. Até que enfim! Já era tempo de evoluir!

Depois de 9 eliminações consecutivas em outros tantos torneios de Grand Slam, eis que Frederico Gil (81º do ranking ATP) consegue finalmente passar  à 2ª ronda de um torneio da categoria.

Na Austrália, Gil demorou 4 horas e 23 minutos a superiorizar-se ao Uruguaio Pablo Cuevas (64º do ranking) pelos parciais de 6-4, 6-7 (7-9), 4-6, 6-3 e 9-7.

Na 2ª ronda do Open Australiano, Gil mede força com o 12º do ranking mundial Gael Monfils num jogo que será decerto bastante interessante visto que o Francês está literalmente em queda na sua carreira. Gil não se dá bem com os Franceses. Prova disso foram as sucessivas derrotas em Grand Slam contra tenistas Franceses na 1ª ronda e a eliminação recente do Open de Sidney às mãos de Gilles Simon.

Com as etiquetas , , , , , , , ,

É preciso ter galo!

Foto: Site oficial do US Open


Fiquei acordado até tarde com a esperança que Frederico Gil conseguisse passar pela primeira vez à 2ª ronda de um Grand Slam.

Ainda não foi desta. Acompanhei o jogo em directo a partir do 2º set. Gil deu luta, deu a crença que poderia vencer um set mas não conseguiu contrariar o jogo de John Isner, aquele que há 2 meses atrás entrou para a história do ténis ao vencer Nicolás Mahut em Wimbledon no jogo mais longo de sempre (10 horas) do qual falei aqui neste blog.

Gil perde assim pela 9ª vez na 1ª ronda de um Grand Slam em 9 participações. É preciso ter galo!

Com as etiquetas , , , , ,