Tag Archives: FC Copenhaga

Liga dos Campeões

http://video.rutube.ru/94a9579f6ad2e2c7014c2d303d5d48d7

Na Terça-Feira a História voltou a repetir-se.

A jogar em Munique com vantagem da 1ª mão, o Bayern voltou a ser arredado da disputa do título europeu pelo Inter.

Depois do 0-1 alcançado em Milão, o Bayern até começou a ganhar com um golo de Muller onde Júlio César teve um erro imperdoável para um guarda-redes do seu gabarito e para um jogo de Liga dos Campeões, ampliando a vantagem  na eliminatória ainda na 1ª parte por intermédio de Mário Gomez.

2-1 ao intervalo. O Inter nunca desistiu e protagonizou um extremo massacre sobre os Bávaros. Por meia dúzia de vezes, ora Eto´o, ora Sneijder, iam ameaçando a baliza Alemã, tendo o Holandês concretizado um golo de belo efeito que colocaria o jogo empatado.

Um golo nos minutos finais bastava ao Inter para passar. A carregar a área Bávara, tudo poderia ter sido decidido quando Ribery arrancou uma brilhante jogada na direita para um remate poderoso de primeira de Arjen Robben onde Júlio César emendou o erro do 1º golo dos Alemães. Até que aos 87″ uma grande jogada de insistência na área de Samuel Eto´o iria redundar numa tremenda assistência para Goran Pandev, que vindo de trás, só teve de encher o pé e colocar a bola no canto contrário da baliza, marcando o golo da vitória.

Este jogo castigou sem dúvida a atitude passiva do Bayern na 2ª parte deste jogo. Por demasiadas vezes, os jogadores do Bayern deram como vencida a eliminatória e colocavam-se em ataque com o claro intuito de ter bola nos pés, sem atacar a baliza. Robben dispôs de uma oportunidade crassa para colocar um ponto final na eliminatória. Como não o fez, o Bayern haveria de sofrer as consequências, e como tal, está arredado da discussão de troféus esta época.

Se dúvidas existiam sobre o futuro de Louis Van Gaal, todas essas dúvidas estão dissipadas: o Bayern trocará de treinador no final da época.


http://videa.hu/flvplayer.swf?v=KYDjLGiRaZJYZ9rL


Em Madrid, um Real de craveira bateu categoricamente o Olympique de Lyon, traído pelas declarações de antevisão de partida do seu presidente Jean-Michel Aulas.

O presidente dos Franceses anteveu um Lyon defensivo em Madrid após o empate a 1 bola verificado no Gerland em Lyon.

Com Cristiano Ronaldo a titular, a turma de Mourinho nem precisou que o craque Português puxasse dos galões para passar aos quartos-de-final. A vitória Madrilena haveria de assentar nas excelentes exibições de Marcelo, Benzema e Ozil. Os dois primeiros marcaram, o último tem o dado em todos os golos do Real.

Foram 3, como poderiam ter sido mais. 2 golos foram anulados e por diversas situações o Real poderia ter ampliado a vantagem: em dois cantos Ronaldo cabeceou sozinho ao lado, noutra Benzema isolou-se para atirar por cima da baliza de Hugo Lloris.

Para além da passagem aos quartos-de-final, foi uma vitória moralizadora para a turma de Mourinho, que domingo discute o campeonato com o Barça em Santiago Bérnabeu.

Nos outros jogos desta semana, o Manchester levou de vencido o Marseille em casa por 2-1 como dois golos tirados a papel químico de Chicarito Hernandez, a nova coqueluxe da turma de Manchester. Não foi uma eliminatória fácil para o United, ao contrário do que se esperava. Depois de um empate frustrante em França a 0 bolas, o Manchester dominou mas o golo de Heinze nos últimos minutos fez antever em Old Trafford o “fantasma do golo de Costinha” em 2004.

O Chelsea, com um sorteio favorável, eliminou como se esperava o FC Copenhaga, em duas exibições q.b.

O sorteio dos quartos-de-final realizam-se sexta-feira. Atenção aos possíveis cruzamentos. Shakhtar Donetsk, Schalke e Tottenham são os 3 outsiders no meio de 5 colossos europeus: Barcelona, Manchester United, Chelsea, Real Madrid e Inter.

O sorteio tanto poderá ditar jogos entre colossos como por exemplo pode ditar um jogo entre um dos outsiders.


Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,