Tag Archives: Andebol

Handball World Championship MVP

Mikkel Hansen

Mikkel Hansen – Paris Saint Germain Handball\Dinamarca

Com as etiquetas , , , , , ,

Espanha campeã mundial de andebol

sterbik

Final paupérrima por parte dos dinamarqueses. A Dinamarca perde novamente o campeonato do mundo na final, facto que já tinha ocorrido em 2011 contra a selecção francesa. Resumindo: Os Dinamarqueses nunca chegaram a entrar no jogo. Muitas perdas de bola (20), quase tantas como as que tinham cometido nos restantes jogos deste mundial. Os Dinamarqueses entraram muito nervosos na partida. Jogadores com uma enorme experiência como Kaspar Sondergaard, Mikkel Hansen ou Nikolaj Markussen, habituados a disputar finais de competições internacionais e por clubes não conseguiram entrar no jogo e cometeram erros atrás de erros contra uma Espanha fortíssima no jogo exterior (Cañellas principalmente), no fornecimento de jogo ao seu pivot Julen Aguinalde (comeu de cebolada a frontline dos Dinamarqueses) e para o lateral direito Guardiola. Cañellas chegou inclusive a terminar o jogo com 100% de eficácia (7 golos em 7 remates). Pior que os turnovers cometidos foi a atitude passiva dos dinamarqueses na partida. Os Dinamarqueses não foram capazes de por em prática o seu andebol de 1ª linha e não conseguiram colocar em campo toda a agressividade que os caracteriza no plano defensivo. Na primeira parte, fruto da desconcentração dinamarquesa, a Espanha vencia por 18-10.

Na 2ª parte, os dinamarques até entraram bem do ponto de vista defensivo mas não conseguiram marcar qualquer golo nos primeiros 9 minutos. A Espanha continuou a capitalizar todos os erros dos Dinamarqueses como lhe competia e teve a ajuda do senhor que está na imagem: Arpad Sterbik. Uma exibição de sonho deste guarda-redes sérvio naturalizado espanhol em 2008, com 15 defesas onde demonstrou serenidade (raramente levantou um pé do chão para tapar angulos). Sterbik já foi eleito pela EHF o melhor jogador do ano no ano de 2005, tendo sido o primeiro guarda-redes a ser eleito na história da modalidade.

Nos minutos finais, com a vantagem expressiva dos espanhóis a oscilar entre os 14 e os 16 golos de diferença, pode-se dizer que foi um passeio até ao apito do quadro electrónico. A Espanha é a nova campeã do mundo de andebol.

P.S: mais logo, vou tentar arranjar e postar highlights ou o jogo completo se tal me for possível.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , ,

Abalo, Luc

luc abalo

Selecção Francesa de Andebol\Paris Saint German Handball.

4ª maior transferência da história da modalidade: 700 mil euros do Atlético de Madrid  para o PSG, sendo que o andebol do PSG também é detido pelo novo proprietário do clube, a Qatar Sports. As maiores transferências da modalidade foram o Croata Duvnjak do Croácia Zagreb para o Hamburgo em 2009 por 2,25 milhões de euros, a transferência em 2012 do lateral Mikkel Hansen do Copenhaga para o PSG por 1,5 milhões de euros e em 1999 a transferência do antigo ponta internacional alemão Florian Kehrmann (o meu ídolo de infância, diga-se) do Solingen para o TBV Lemgo por cerca de 1 milhão. Curiosidades…

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , ,

HWC 2013 – 2ª Jornada

Grupo A:

(os comentários dos brasileiros são demais)

Na re-edição das últimas finais do campeonato PAN-Americano (desta feita num Mundial), o Brasil venceu a Argentina na 2ª jornada deste grupo. De nada valeu portanto a vitória dos Argentinos contra Montenegro: tendo a Alemanha perdido com a Tunísia hoje e a França ganho a Montengro, uma vitória dos Argentinos seria o equivalente a dizer que podiam dar-se ao luxo de empatar com os Alemães para passar o grupo desde que vencessem pelo menos os tunisinos. Sendo assim, a França lidera e o 2º classificado será decidido no cruzamento de jogos existente entre Brasileiros, Alemães, Tunisinos e Argentino sendo que cabe à Alemanha (em teoria) a superioridade.

Do jogo: o ponta Fernando José Pacheco (EC Pinheiros – Liga Brasileira) marcou 8 golos em 11 remates e foi o grande jogador desta partida. De salientar um último aspecto: os Argentinos tem meia dúzia de jogadores a actuar na europa, sendo que 4 actuam na Liga Asobal e dois na Liga Francesa, enquanto os Brasileiros apenas tem um jogador a actuar no Naturhouse La Rioja (ASOBAL).

Surpresa do dia. A Tunísia bateu a Alemanha por 26-24 num jogo em que vi o final em directo. Uma característica Alemanha, incapaz de segurar os ímpetos de primeira linha dos Tunisinos e com muitas dificuldades em praticar o seu característico rápido jogo de contra-ataque. Mais uma vez ficou vincada a agressividade defensiva desta equipa do Magreb que ontem já tinha ameaçado uma surpresa contra a França.

a França bateu Montenegro por 32-20 sem espinhas com 10 golos a serem alcançados em contra-ataque. Os campeões olímpicos em título lideram o grupo.

Grupo B:

 

Dinamarca russia

Diz tudo sobre o bom jogo realizado pelas duas equipas que irão decerto passar este grupo.

Nos outros jogos, a Islândia cilindrou o Chile por 38-23 e a Macedónia venceu o Qatar por 34-30.

Amanhã joga-se a 2ª jornada dos grupos C e D:

O Grupo C arranca às 14:45 com um interessante Eslovénia vs Coreia do Sul, prossegue às 17 horas com aquele que será o jogo do dia (Bielorussia vs Sérvia) e termina às 18:45 com um Polónia vs Arábia Saudita.

O Grupo D arranca às 15:45 com um Argélia vs Croácia (mais um passeio para os croatas), prossegue às 18 com um Espanha vs Egipto (jogo cauteloso para os espanhóis) e termina às 20 e 15 com um Austrália vs Hungria.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

HWC 2013 – jogos de sábado

Grupo C: Sérvia 31-22 Coreia do Sul

Polónia 24-22 Bielorussia

Rutenka

Os 8 golos de Siarhei Rutenka (Barcelona) foram insuficientes para evitar a derrota da Bielorussia frente à Polónia.

Grupo D:

Jogo de abertura. Caja Mágica, pavilhão do basquetebol do Real Madrid. 12 mil pessoas na assistência, cerca de 70% da lotação da Caixa. A Argélia (assim como todas as equipas do Magreb) costumam ser adversários chatos (que o diga a campeã olímpica França que horas mais tarde suou para levar de vencida a Tunísia) não pela sua capacidade ofensiva (muito longe do poderio dos europeus) mas pela sua defesa agressiva. A Argélia (uma vez Portugal teve que suar bastante no Mundial de 2001 para bater esta selecção) costuma adoptar uma postura defensiva de defesa 6-1 subida, muito agressiva, empurrando os adversários para fora dos 9 metros (o central chega a operar nos 12 metros), factor que baralha por completo as contas ao andebol europeu. A Espanha não tremeu e venceu tranquilamente por 27-24.

Grupo A

Germany

Regresso da Alemanha ao convívio dos grandes com uma vitória estrondosa sobre o emergente Brasil por 33-23. O lateral Steffen Weinhold (SG Flensburg-Handewitt) foi o melhor marcador do encontro com 7 golos.

A única surpresa do dia: a Argentina bateu Montenegro por 28-26 no primeiro jogo deste novo país europeu num campeonato do mundo. Há um  aspecto que devo salientar: Montenegro está neste campeonato do mundo não pelo seu talento, mas pela dificuldade que é jogar em sua casa nas qualificatórias. Por norma, os Montenegrinos recebem os adversários em pavilhões pequenos, sem condições e onde é inclusive permitido fumar. Chegou a haver um jogo de Portugal para a fase de qualificação para o europeu de 2012 onde dentro do pavilhão que acolhia o jogo entre as duas selecções estavam 40 graus.

A vitória dos Argentinos foi destaque na página do Diário Desportivo Olé.

O melhor marcador da partida (Amine Bennour com 7 golos) engana por completo aquele que é considerado já o melhor guarda-redes de sempre (Thierry Omeyer).

Vida complicada para os Franceses neste jogo inaugural:

france

Noutros jogos:

No Grupo B. a Dinamarca de Mikkel Hansen estreou-se com uma goleada perante o Qatar de 41-27, a Rússia bateu a Islândia por 35-30 e a Macedónia suou para bater o Chile por 30-28 e precisou muito da inspiração da sua vedeta Kiril Lazarov (Atlético de Madrid)

No Grupo C, a Eslovénia bateu confortavelmente a Arábia Saudita por 32-22.

No Grupo D a poderosa Croácia esmagou a Austrália por 36-13.

Amanhã há:

Grupo A: Derby regional entre Argentina e Brasil, Alemanha vs Tunísia e Montenegro vs França (respectivamente por estas horas 14, 16:20 e 18:30)

Grupo B: Chile vs Islândia, Qatar vs Macedónia e Dinamarca vs Rússia, sendo que este último jogo irá decidir já quem vencerá este grupo. Passam aos quartos-de-final da prova as duas primeiras de cada grupo, sendo as restantes enviadas para a lutar entre o 9º e o 24º lugar. (estes jogos realizam-se às 14:45, 17 horas e o Dinamarca vs Russia pelas 19:15)

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

começa dentro de algumas horas

handball wc

Spain 2013 Men Handball World Cup.

Abre com o jogo entre a Espanha e a Argélia que pode ser visto aqui

Na primeira jornada (hoje e sábado) destaque para o regresso da Sérvia aos grandes palcos mundiais contra a outsider Coreia do Sul, o interessante jogo entre Macedónia e Chile (duas equipas que não estão muito habituadas a pisar estes palcos se bem que os Macedónios tem um dos melhores jogadores do mundo em 2012 para o L´Equipe, nada mais nada menos que o lateral-direito do Atlético Madrid Balonmano Kiril Lazarov) e o Islândia vs Russia.

Nota: peca pela espectacularidade neste mundial as ausências da vice-campeã olímpica Suécia (não vou poder apreciar o magnífico andebol do lateral Kim Ekdahl Du Rietz) e de outras selecções fortes como a Noruega e a República Checa do poderoso Filip Jicha. Em contrapartida a Alemanha está de volta às grandes competições internacionais como uma renovadíssima selecção. De todos os atletas penso que só o Dominic Klein, o Stefan Kneer e o Oliver Roggish é que sabem o que é jogar um mundial, aliás, ganhar um mundial visto que ganharam o 2007 ainda com o mítico Heiner Brand como seleccionador. 

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

l´ambition

Paris Saint Germain Handball team 2012\2013.

Com as etiquetas , , ,

os dois gigantes

Thierry Omeyer (THW Kiel) e Cyril Dumoulin (Chambéry Savoie Handball)

Com as etiquetas , , , , ,

o super poderoso

Filip Jicha – Bundesliga – THW Kiel vs  SG Flensburg-Handewitt

Com as etiquetas , , , , , ,

tonight is crunchtime

Nikola Karabatic – Montpellier HB\França – melhor jogador do mundo em 2007 para a IHF e campeão olímpico em 2012 em Londres.

Com as etiquetas , , , , , , ,

all-in

Filip Jicha – Kiel\República Checa

Com as etiquetas , , , , , , , ,

o mágico

fica na retina o golo de rosca em queda marcado ao excêntrico (para mim o 3º melhor guarda-redes de sempre a seguir a Henning Fritz e a Mats Olsson) guarda-redes Croata Vlado Sola.

Com as etiquetas , ,

handball die besten

Laszlo Nagy (Veszprem KC\Selecção Húngara) – O Gigante Húngaro.

Acabei de ver o fim de um jogo da Liga dos Campeões de Andebol disputado entre os Húngaros do Veszprem e os poderosíssimos Alemães do Kiel e o fantástico lateral húngaro marcou 9 golos, quase tantos como 3 outros gigantes do andebol mundial actual que actuam do outro lado: Christian Zeits, Daniel Narcisse e o checo Philip Jicha.

Já era uma delícia ver este magiar jogar no Barcelona na última década. É uma honra ver uma carreira tão consistente que já dura há mais de uma década. A propósito da apresentação do seu campo internacional de treino de andebol para jovens, vejam este vídeo onde Nagy demonstra ser o melhor espectáculo que o andebol pode proporcionar:

Por falar neste campo internacional, este destina-se a jovens andebolistas com idades consideradas entre os 8 e os 17 anos que já se realizou por 4 vezes em El Vendrell (Espanha) em virtude do jogador ter representado o Barcelona. É provável que o Campus de 2013 se realize em território Húngaro.

Com as etiquetas , , , , , , , ,

De Londres #19 – provavelmente o melhor jogador de andebol da minha geração

William Accambray, lateral-esquerdo do Montpellier.

Suécia vs França em directo na RTP 1. Tem sido uma delícia para mim ver este torneio olímpico do qual escreverei mais tarde.

Com as etiquetas , , , , , , , ,