Category Archives: Polícia


O Ministério Público demorou 13 anos a reagir em relação ao caso do desaparecimento do jovem Rui Pedro.

Provavelmente, creio que esta demora deve ser record mundial. O Ministério Público Português, na figura do DCIAP e da sua directora Cândida Almeida estão de parabéns. Demoraram 13 anos a concluir que o principal suspeito do rapto do menor devia efectivamente ser interrogado sobre o desaparecimento do jovem de Lousada.

Foram 13 longos anos de martírio para a família de Rui Pedro. Martírio que não vai terminar com a detenção do principal suspeito do rapto do jovem nem com uma sentença que determine a sua prisão. Foram 13 longos anos em que as principais autoridades judiciais deste país gozaram com esta pobre família de Lousada.

Analisando estes casos em concreto, não sou de acordo com a lei que existe neste país em relação ao desaparecimento de pessoas. A lei determina que em caso de desaparecimento de pessoas, a polícia só pode actuar passadas 24 horas da comunicação do desaparecimento da pessoa. Tomando em conta a quantidade de gente doente que existe aí pelas ruas e a facilidade com que neste momento se rapta qualquer criança neste país, em 24 horas, é passível que uma criança seja raptada por uma rede de pedofília e quando a polícia for chamada a actuar, esta já esteja por exemplo na Austrália.

Quando a polícia intervir de facto, já é tarde…

Analisando estes casos em concreto, sou de acordo que a polícia deve actuar imediatamente aquando da comunicação do desaparecimento da pessoa. Se os cidadãos Portugueses pagam impostos, merecem eficácia na actuação das autoridades que são pagas com os seus impostos. Como tal, não merecem, que a polícia actue dias depois do desaparecimento e que o Ministério Público (no caso Rui Pedro) comece a actuar 13 anos depois do desaparecimento.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , ,

Não percebo estas…

Do derby de Alvalade, saem multas para o Benfica e Sporting.

A Comissão Disciplinar da Liga aprovou hoje uma multa de 1500 euros para o Sporting e  outra de 1650 euros para o Benfica pelos disturbios habituais que foram provocados pelos adeptos.

A pergunta que eu faço é esta: se a Polícia actuou da maneira que actuou na Superior Sul contra a Juventude Leonina, porque é que a multa é superior para a Benfica SAD?

É por estas coisas que eu cada vez menos percebo quem anda nas entidades que mandam no futebol português…

Com as etiquetas , , , , , , , , , , ,

Foto do dia

À passagem da meia-hora de jogo, a polícia de intervenção da PSP entrou na superior sul e sem qualquer razão aparente que motivasse o aparato atacou os membros da claque Juve Leo.

Os adeptos do Sporting reagiram à carga policial e fizeram recuar as forças de segurança pública.

Com as etiquetas , , , , , , ,

Quem está de má-fé no caso Kléber?

O presidente do Atlético Mineiro Alexandre Kelil afirmou ontem que a proposta que o Sporting tinha feito por Kléber era absolutamente ridícula. As afirmações do presidente do Atlético Mineiro são publicas. Para além dos jornais, são atestadas pela Rádio Renascença, que as emitiu no ar durante todo o dia nos espaços “Bola Branca”. ( ouvir os podcasts do dia 31 de Janeiro de 2010)

O Sporting por intermédio do seu director-geral José Couceiro fez chegar uma proposta à Marítimo SAD, ao Atlético Mineiro e ao empresário do jogador, oferecendo mais 230 mil euros que a proposta do Futebol Clube do Porto, nos mesmos moldes de pagamento (4 transferências) sendo que a primeira seria a 15 de Fevereiro de 2011 e a última em Junho de 2012, contrariando as declarações de Kelil que afirmava ter recebido uma proposta de pagamento a começar no mês de Dezembro de 2012. Mentira.

Depois do Sporting ter chegado a acordo com o jogador e do Atlético Mineiro ter rejeitado a oferta leonina e o seu presidente ter considerado publicamente a proposta como ridícula, eis que o Marítimo SAD acaba de publicar no site oficial as duas propostas de transferência enviadas por Sporting e Porto, justificando assim uma proposta mais vantajosa por parte do Sporting Clube de Portugal.

Sendo o jogador propriedade do Atlético Mineiro e da SAD Maritimista, sendo o jogador livre de assinar contrato com qualquer equipa que pague o preço mais alto pela compra dos seus direitos desportivos porque é que Kléber não assinou pelo Sporting?

A SAD do Marítimo no referido comunicado vai longe e afirma a possibilidade de existência de um saco azul na proposta do Porto ao Atlético Mineiro…. Confirmados estes dados, as instâncias desportivas e autoridades judiciais competentes devem imediatamente investigar este caso e punir a Porto SAD e o Atlético Mineiro por mais uma página vergonhosa protagonizada pelo Futebol Clube do Porto no futebol português.

Se o Porto queria o jogador porque é que ainda não chegou a entendimento com a Marítimo e por outro lado não deixa que outros clubes tentem contratar o jogador?

Será Alexandre Kelil homem para vir a público emendar as suas  declarações ridículas e explicar a verdade ao grande público?

A polémica continuará nos próximos dias, tendo o Sporting consciência que a FC Porto SAD e o Atlético Mineiro lesaram o clube tanto a nível desportivo como a nível institucional…

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , ,

Carlos Castro direito ao esgoto

http://sic.sapo.pt/online/flash/playerSIC2009.swf?urlvideo=http://videos.sapo.pt/zcJQZVWz9C9CM8kZvTIz/mov/1&Link=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2011/1/cinzas-de-carlos-castro-foram-deixadas-em-times-square-em-nova-iorque16-01-2011-132913.htm&ztag=/sicembed/info/&hash=FF3C1208-4291-4FCC-8A32-9B9AB0E99B57&embed=true&autoplay=false

ín SIC Online

Carlos Castro desejava em vida morrer em Nova Iorque, ser cremado em Nova Iorque e lançado “em cinzas” ao Rio Hudson. A ironia do destino da sua vida haveria de lhe dar o desejo de morrer na cidade que nunca dorme.

Ontem, as suas irmãs e o seu amigo Claudio Montez cumpriram-lhe o desejo. Depois de uma missa, uma limosine transportou as cinzas do cronista até Times Square onde (mesmo perante a probição relativa ao efeito no Estado de Nova Iorque) acabaria por ser depositado através de um respiradouro do metropolitano Nova-Iorquino, perto da Broadway.

Com as etiquetas , , , , , , ,

Baboseira do dia

via: Da Literatura

A baboseira do dia pertence a Guilherme Melo, amigo do falecido Carlos Castro, acerca de Renato Seabra:” esta era uma relação sexualmente consumada. Ele era ambicioso, mandava mensagens ao Carlos, eu vi algumas… […] Sei que esta viagem a Nova Iorque foi desastrosa, nos últimos dias as coisas não estavam bem entre eles. Havia discussões. O Renato terá confessado que matou para libertar os demónios, os vírus. Para libertar o pecado. Ele foi acólito durante uma série de anos em Cantanhede. Deveria ter a cabeça cheia de ideias sobre o pecado.” – Jornal Público

Que se faça justiça entendemos. Que se façam juízos de valor descabidos sobre alguém que não conhecemos, não só não entendemos como não toleramos. A ignorância perdoamos, a estupidez e o tom moralista descabido não…

Com as etiquetas , , , , , , , ,

Meras suposições

Ainda sobre o caso que marca a vida social do país.

A imprensa tem avançado nos últimos dois dias com todo um conjunto de teses sobre os motivos que levaram Renato Seabra a assassinar Carlos Castro e a mutilar-lhe ó orgão genital.

Os adivinhos da vida alheia avançam com diversas teses, nenhuma delas ainda esclarecida pelo assassino que ainda se encontra a ser interrogado pela polícia Norte-Americana e que já confessou o crime. Vamos ao campo das hipoteses:

Hipótese A: Renato Seabra assassinou Carlos Castro por motivos passionais. Relatos do hotel confirmam discussões constantes entre os dois nos dias que antecederam o crime. Renato Seabra pode ter sentido uma enorme perda de lucidez ou pode ter deliberadamente assassinado o cronista passionalmente.
A mãe do assassino relatou às televisões que o jovem não era homossexual e que muito menos namorava com Carlos Castro.

Hipótese B: Renato Seabra e Carlos Castro “aparentavam um namoro de fachada” que escondia por detrás interesses por parte do jovem com base numa possibilidade de trabalho no mundo da moda, onde Carlos Castro “afirmava ter uma enorme influência na construção de carreiras”. Boatos lançaram a ideia que a ida a Nova Iorque era só um pretexto para Castro lançar Seabra num novo projecto, logo, na tarde do crime algo se terá passado entre os dois que levou o jovem a sentir-se traído na sua confiança e pressionado a assumir uma relação com o cronista em troca de favores profissionais, o que pode ter levado o jovem ao desespero e a um desejo súbito de vingança.

Hipótese C: A Hipótese da violação. Rumores confirmam que Renato Seabra terá ligado a um amigofamiliar no dia anterior ao crime, relatando que a comida tinha um sabor esquisito. Pistas podem levar à conclusão que Carlos Castro poderia ter sedado Renato Seabra e abusado sexualmente dele, o que pode ter levado o jovem a assassinar o cronista e a mutilar-lhe o órgão sexual.
Académicos da área da psicologia e da psiquiatria afirmaram publicamente que a mutilação do pénis de Carlos Castro pode significar a tentativa ou concretização de abuso sexual não-consentido por parte de Carlos Castro sobre o jovem.

São meras hipóteses que escondem por detrás uma verdade (ou várias verdades) às quais só Renato Seabra poderá desvendar ao grande público.
Uma coisa tenho por certa: é nítido que o jovem buscava fama e dinheiro através da esfera de influências de Carlos Castro. Se era homossexual ou não, não nos cabe a nós julgar. A sociedade está desejosa de saber o que aconteceu naquele quarto de hotel. Talvez nunca saberemos. Renato Seabra poderá apenas confessar o crime e ser julgado com base na assumpção de culpa, sem alegar portanto, motivos que poderão estar por detrás do desfecho trágico que vitimou o cronista social Carlos Castro.

Outra coisa tenho como certa: para um jovem de 21 anos ter assassinado outra pessoa, algo de grave se passou. Aos 21 anos só algo que possa ferir de forma traumática o livre desenrolar e funcionamento da psique humana pode levar um jovem a arruinar a sua própria vida à semelhança daquilo que Renato Seabra fez. E da justiça, não se livra!



Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Carlos Castro (1945-2010)

Carlos Castro sempre me passou ao lado… Do panorama social Português, não era uma figura que merecesse a minha atenção visto que fazia profissão de áreas temáticas que me passam completamente ao lado.

No entanto, fiquei chocado com as notícias que chegaram hoje de Nova Iorque. Carlos Castro foi vítima de um horrendo homícidio cometido por um jovem estudante da Universidade de Coimbra chamado Renato Seabra. Os motivos, só Renato Seabra saberá…

Tudo isto gerou um pensamento que já me acompanha desde que uma vez li um estudo elaborado por investigadores da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra que afirmava que 3 em cada 10 estudantes da UC sofriam de problemas de ordem psiquiátrica. Cada vez mais creio que começa a ser necessário que esses estudos incentivem as instituições de ensino a criar redes de apoio aos alunos nesses dias.

Actualmente, a UC dispõe de duas redes de atendimento médico-psiquiátrico: a dos serviços médicos dos SASUC e uma numa estrita colaboração com os Hospitais da Universidade de Coimbra. Serviços que são gratuitos para a comunidade estudantil. Admito aqui que sou utente de uma dessas redes.

Tomando este exemplo, torna-se necessário que a própria instituição comece a fomentar de vez a utilização desses serviços que na actualidade grande parte da comunidade estudantil desconhecer existir. Os maus hábitos de sono, de alimentação, de stress na época de exames, os problemas sócio-económicos, familiares e afectivos fazem com que hajam muitos estudantes com graves desordens do foro psiquiátrico mas que acabem por não procurar ajuda para a solução dos seus problemas nestes serviços por falta de conhecimento de existência e localização dos mesmos.

Auto-intitulo este post de “Carlos Castro (1945-2010). Sobre Carlos Castro pouco sabia e pouco quis conhecer. Todavia, o crime choca-nos a todos. Não poderemos desculpar Renato Seabra pelo crime que cometeu. Se o cometeu, terá que pagar as consequências dos seus actos como manda a lei. Aos 21 anos tinha uma vida inteira pela frente. Aos 21 anos pode ficar com a vida toda estragada. Já não sei bem o que dizer. Espero porém, que ainda o possam voltar a integrar na sociedade. Não sei bem o que dizer…

Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Droga em quadro de Adebayor

A Comunicação Social Britânica noticiou hoje que foi apreendido um quadro do avançado do Manchester City Emmanuel Adebayor, vindo do Togo e destinado a Londres, com uma quantidade de Cannabis avaliada em cerca de 3 mil libras.

A polícia fala em crime organizado e para já não apontas culpas ao jogador como proprietário do quadro.

Pura Coincidência ou mais um que fuma uns cacetes de vez em quando?

Com as etiquetas , , , , , , , ,

Agora é que vai ser rebocar!

Só este pobre coitado é que não foi rebocado!

Os agentes da Polícia Municipal de Coimbra devem estar a esfregar as mãos. Agora é que vai ser ganhar guito!

Lei publicada em Diário da República determina que o valor do resgate de veículos que infrinjam o Código da Estrada ao ponto de terem que ser rebocados subiu para o dobro. Assim, dos 30 euros passamos para os 60 euros. Os motociclos passam dos 15 para os 30 euros, enquanto os veículos pesados passam dos 60 para os 120 euros.

Por isso, conhecendo os Srs. Agentes da Polícia Municipal de Coimbra como conhecemos, já sabem, nunca deixem o vosso carro mal estacionado ou estacionado no mesmo sítio durante vários dias seguidos. Mal pisquem os olhos, ele já foi!

Com as etiquetas , , ,

Fim da guerra no Rio de Janeiro?

Helicoptero da polícia do Rio de Janeiro leva bandeira da cidade para ser hasteada no alto do Alemão, num acto simbólico.


Depois de 30 anos de guerra, tráfico e terror para os moradores, a polícia de intervenção do Rio de Janeiro tomou este fim-de-semana o complexo de favelas do Alemão, um dos maiores gates do narcotráfico na cidade.

Tomado de assalto o complexo, foram feitas buscas casa a casa para que os maiores traficantes de droga do complexo fossem presos. No entanto, conseguiram fugir, dando paz aos moradores que há anos eram aterrorizados com o estigma do tráfico e dos tiroteios entre os traficantes.

A Polícia do Rio de Janeiro já pensa num novo plano de operações. Mais arriscado! Agora, é a favela da Rocinha (considerada a mais perigosa do Rio de Janeiro e a que tem maior volume de operações de tráfico) o próximo alvo do BOP.


Vergonhoso

O país está praticamente parado! A Greve Geral dos Trabalhadores, segundo números da CGTP e da UGT está perto dos 80% em todo o país.

Os trabalhadores saíram às ruas para se manifestar contra o actual panorama da vida social e económica Portuguesa. Centenas de escolas, aeroportos, serviços judiciais, hospitais, fábricas e serviços públicos estão encerrados. Dezenas de voos de Portugal para o estrangeiro e do estrangeiro para Portugal foram cancelados, assim como foram suprimidas dezenas de carreirasviagens nos serviços municipais de transporte, metro e comboio das principais cidadeslinhas do país.

O povo está a mostrar a sua força como nunca perante a aberração do governo socialista e perante as políticas que cortam o direito a uma vida condigna.

Neste vídeo, gravado durante a madrugada de hoje é vergonhoso ver os polícias de intervenção rápida a fazer um cordão para empurrar os piquetes de greve dos CTT sem que nada o justificasse. É uma imagem triste, que relembra o Portugal da Velha Senhora em que ninguém podia expressar livremente as suas opiniões e actuar de acordo com a sua própria consciência.
São imagens tristes que mancham o nome dos Polícias em causa, também eles cidadãos fustigados pelos efeitos dos sucessivos pacotes de austeridade que o denominado “Estado Social da fachada” que o nosso primeiro ministro tende a anunciar a todos os lares Portugueses.

Até quando é que vão continuar a defender um governo como o fizeram na passada manifestação estudantil na Assembleia da República? Vão continuar a defender o governo quando os vossos filhos não tiverem comida na mesa? Vão continuar a defender o governo quando forem despedidos de um dia para o outro? Vão continuar a defender o governo com os sucessivos cortes salariais que sofrem quase todos os meses? Vão continuar a defender o governo quando os vossos filhos chegarem a casa derrotados porque não tem emprego nem futuro neste país?

Tenham vergonha! Quem se sente capaz de executar as medidas que executou pelo tesão do poder, que agora saía à rua e sofra na cara o protesto popular. José Sócrates e o seu executivo deveriam sair à rua sem polícia para testemunhar na pele a indignação, a revolta, a miséria, a fome, a falta de emprego, a falta de poder de compra, a falta de qualidade de vida, a falta de futuro para os jovens, a falta de um ensino de qualidade.
José Sócrates e o seu executivo deveriam ser obrigados a sair à rua e sentir na pele as consequências dos seus actos!

Com as etiquetas , , , , , , ,

Sondagem Entre o Nada e o Infinito #1


Respondendo à pergunta: Concorda com o actual dispositivo de Segurança nos Estádios de Futebol” votaram 17 pessoas, com os seguintes resultados às respostas:

Sim: 5 votantes (29.41%)

Não: 12 votantes (70.59%)

Não sabeNão responde: 0 votantes (0%)


Na sua maioria, os leitores do Entre o Nada e o Infinito concordam comigo aqui.

O actual dispositivo de Segurança nos Estádios de Futebol em Portugal, é actualmente insuficiente para travar abusos e loucuras de alguns espectadores.


Com as etiquetas , , ,

Afinal não havia segurança!

Autocarro apedrejado na saída da Boavista para a Alameda do Dragão, bolas de golfe, galinhas pretas a entrar dentro de campo, isqueiros, cartazes a provocar Roberto, cravos na lapela a ilustrar uma falsa liberdade e assobios racistas contra Luisão no momento da sua expulsão… Bem-vindos ao pequeníssimo mundo da inteligência dos adeptos do Futebol Clube do Porto.

É bem certo que as rivalidades se semeiam… A culpa disto é de Vieira, que por um lado as incita e de todos os adeptos do Benfica, que pelo outro lado, seguem o seu líder de forma cega, sem sequer parar para pensar um bocado nas consequências que certas palavras venenosas podem ter…

Onde é que esta rivalidade vai parar? Quando houverem mortos num campo de futebol? Será que em Portugal voltamos aos tempos em que existiram tragédias no Heysel e em Hillsborough?

As autoridades que regulam o futebol Português devem começar a castigar severamente os clubes que manifestarem apoio (seja ele de qualquer espécie, quantidade ou género) a claques violentas como são os Super Dragões, o Colectivo Ribeira, os No Name Boys, Diabos Vermelhos, Juve Leo, Ultras Directivo XXI, White Angels ou os Red Boys on Fire. Para bem daquele que quer ir com a família assistir a um espectáculo e paga para assistir a um espectáculo, que obviamente não inclui a possibilidade de ser agredido!

A segurança nos estádios de futebol, com toda o seu aparato começa a ser algo que não está a funcionar. Se por um lado, em Aveiro quando vou ver o Beira-Mar sou revistado em todo o corpo e por vezes não me é permitido entrar dentro do estádio com uma lata de coca cola ou com uma garrafa de água com tampa, noutros estádios a revista permite a entrada de galinhas, bolas de golfe, isqueiros e navalhas… Estes objectos não só põem em causa a integridade física dos espectadores como põem em causa a integridade física daqueles que estão dentro de campo a cumprir a sua actividade profissional.

Será que é isso que os adeptos das claques querem? Atirar uma pedra que acerte em cheio num jogador dentro de um autocarro? Atirar uma bola de golfe que mate o guarda redes do Benfica?

Basta!!

Quanto ao jogo, no campo, o Porto cilindrou o Benfica. Hulk jogou de raiva e cada vez mais convence o público Português que não merece andar por aqui. Merece sim, um grande campeonato do futebol mundial, destino, que mais cedo ou mais tarde o espera!

O Benfica jogou mal e confirmou as suspeitas que esta época, é uma equipa vulgaríssima. Neste jogo, Jesus engoliu uma granada sem cavilha ao colocar David Luiz na esquerda quando Coentrão é o único jogador que dispõe capaz de ombrear em velocidade com Hulk.

Carlos Martins e Aimar confirmaram que nos jogos a doer desaparecem de cena. Alan Kardec não é Cardoso e nunca o será.

O maior derrotado da noite acaba por ser Luis Filipe Vieira. Não se podem atirar pedras quando se têm telhados de vidro. Vieira saiu humilhado perante Pinto da Costa que a esta altura ainda se deve estar a rir da fraca figura que o presidente rival tem feito nos últimos tempos…Apelidar o Benfica de melhor clube Português da actualidade é algo vindo de uma cabeça que pensa em puro delírio provocado pela demência que lhe é associada pela ressaca do título da época passada. Miguel Góis e Ricardo Araújo Pereira também devem andar de ressaca no dia de hoje. Tanta campanha contra o FCP dá nisto: sair aziado do Dragão. O seu comportamento contra o rival não deverá sofrer mudanças nas próximas crónicas da Bola. Creio eu. Os incorrigíveis continuam a pensar da mesma maneira, isolados numa redoma de benfiquismo bacoco. Cegos por palas vermelhas à frente dos olhos. Os incorrigíveis são mesmo assim… Incorrigíveis!

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Haja segurança!

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/jRPpzywJ2Yqk4YguGrHB/mov/1

Parece que a visita que Luis Filipe Vieira levou a cabo há algumas semanas atrás ao Ministro da Administração Interna Rui Pereira surtiu efeito!

Na altura, o Presidente do Benfica queixou-se da falta de apoio do Ministério ao nível da escolta policial à equipa encarnada e aos adeptos encarnados!

Numa altura em que o governo socialista está em sinal de alarme eminente, o apoio de todos os Benfiquistas parece soar importante para a prossecução dos objectivos de continuar na governação. Numa outra ocasião, na campanha para as legislativas de 2002, Durão Barroso meteu o amigo Manuel Vilarinho (na altura presidente do Benfica) no jantar de encerramento da campanha a apelar ao voto no PSD por parte dos Benfiquistas…

Ontem, a equipa de futebol profissional do Benfica viajou de Lisboa para o Porto, onde hoje joga frente ao FCP. Na portagem de Grijó (como se pode ver nas imagens) a Polícia de Segurança Pública recebeu os encarnados com “pompa e circunstância” para os escoltar até à unidade hoteleira da Boavista onde os encarnados estão em estágio.

Cerca de 30 viaturas policiais escoltaram uma equipa que é essencialmente composta por cidadãos estrangeiros. Uma vergonha!

A bola merece este tipo de regalias, que o cidadão comum não tem. Por uma hora, mais de uma dúzia de estrangeiros que não contribuem nada para o bem estar da sociedade tiveram mais policiamenteo que qualquer cidadão nacional alguma vez teve. Arrisco-me a dizer que um clube de futebol composto na sua maioria por estrangeiros teve mais policiamento do que 90% dos concelhos Portugueses.

Se na altura em que Vieira foi pedir batatinhas ao Ministério considerei a visita recheada de uma índole bacoca e irresponsável perante aqueles que pagam impostos, ontem, a sua passagem da utopia à prática deve ser repugnada por quem paga impostos e já foi lesado em alturas em que o policiamento na sua zona era 0.

Com as etiquetas , , , , , , ,

Os Imigrantes

Como demonstra a caricata imagem, em 1979, um grupo de cidadãos Mexicanos jogaram um jogo de Voleibol junto a um muro que marca a fronteira entre os Estados Unidos da América e o México. Uns do lado Americano e outros do lado Mexicano, sendo o referido muro a rede do jogo.

Há uma regra no Voleibol que penaliza quem tocar na rede ou quem ultrapassar com qualquer parte do corpo para o lado adversário. Fazendo analogia ao actual panorama das leis de imigração dos Estados Unidos da América, há quem esteja super interessado em pura e simplesmente restringir a imigração para o país. É o caso do Xerife Joe Arpaio, xerife de Phoenix que lançou uma autêntica cruzada à imigração ilegal nos Estados Unidos da América.

A imigração para o país é um dado que remonta há mais de 3 séculos quando os peregrinos Ingleses chegaram ao território Norte-Americano a bordo do “Mayflower”. Décadas depois (devido à existência de possessão territorial por outras potências Europeias) começaram a chegar os primeiros espanhóis e os primeiros Franceses junto com os escravos africanos que estes usavam para a mão-de-obra necessária para desenvolver a exploração que era feita nos territórios.
Com o advento do capitalismo e com a progressiva descoberta e ocupação da totalidade do actual território Norte-Americano, os sucessivos Governos do país começaram a precisar de pessoas não só para ocupar território como para o explorar. Abriram-se caças ao Oeste, onde o Governo incentivava a que novos emigrantes escolhessem livremente um sitio para se fixarem. Com o advento industrial dos Estados Unidos no final do século XIX, começaram a chegar ao país milhares de emigrantes dos mais variados destinos: Italianos principalmente, Sul-Americanos, alguns Portugueses, Chineses, Espanhóis, Cubanos, Mexicanos… Com a chegada destes, a cultura Norte-Americana passou a ser um autêntico “melting pot”, uma autêntica miscenização étnico-cultural: dezenas de povos diferentes, com culturas e tradições diferentes no mesmo território. Não descurando a ideia do patriotismo Norte-Americano, a ideia de identidade nacional nos EUA não existe. Existe sim, uma cultura composta pelas práticas, comportamentos e tradições de vários povos, de várias raças, de vários credos, de vários valores…

Muitos desses povos chegaram à América de forma ilegal, e de forma ilegal gerações trabalharam de modo a enriquecer e a aumentar a grandiosidade do lema do “sonho americano”…

Dado essencial em tudo isto é o facto de ainda hoje, ser benéfico para a economia paralela que é desenvolvida no país o factor da imigração ilegal. Nos Estados Unidos, há milhares senão milhões de imigrantes ilegais que tem uma profissão e que ajudam ao crescimento (actualmente à retoma) da economia Norte-Americana, sem que nada ou ninguém os impeça de o fazer. Os serviços de estrangeiros e fronteiras, sabem quem são os imigrantes ilegais, onde vivem, onde trabalham e em milhares de casos nem sequer põem uma única objecção quanto à prestação de cuidados de saúde e educação aos imigrantes e aos seus filhos. Estamos portanto numa situação em que a imigração ilegal é algo completamente consentida pelas autoridades Norte-Americas e tida como altamente benéfica para o país.

Por outro lado não se deve descurar dizer que entre as pequenas comunidades de imigrantes (como noutros sectores da sociedade Norte-Americana) existem aqueles que vivem sem quaisquer tipos de regras, usando e abusando de formas ilícitas de actuação como ganha-pão. É o caso da Máfia. Engane-se quem pensa que o fenómeno da Máfia é um fenómeno intrinsecamente ligado à cultura Italiana. As formas e os esquemas mafiosos estão em todo o lugar e no caso específico dos Estados Unidos também existem organizações mafiosas de Cubanos, de Mexicanos, de Chineses e até de Judeus. Dúvido até que entre os Portugueses não exista qualquer tipo de Máfia.

Dos sectores altamente conservadores do país aparecem homens como Joe Arpaio. Xerife em Phoenix, 78 anos. Altamente conservador. Crente que são os imigrantes no país a causa da grossa fatia da taxa de criminalidade.
Arpaio é totalmente contra a imigração. Nos Estados Unidos é idolatrado por todos os conservadores e por todos os nacionalistas. Do outro lado, o sector da esquerda Norte-Americana não se cansa de divulgar os métodos pouco ortodoxos de conduta profissional do senhor que chegam a roçar o sádismo, violando assim os Direitos do Homem. Tudo, porque o Xerife Arpaio “pensa que pode livrar a América de todos os males que a afectam. Exclusivamente causados por imigrantes!”

A lei de imigração SB1070 no Estado do Arizona, uma lei que restringe ainda mais a imigração para o referido Estado foi bloqueada na semana passada pela juíza Susan Bolton, um dia antes de entrar em vigor. Para descontentamento de Arpaio e do sector conservador do país.
Jurídicamente esta pode ser uma manobra incipiente. A criação legislativa nos Estados Unidos é o que vulgarmente se chama de “pau de dois bicos”. Por um lado temos as emendas da constituição. Por outro lado, para a mesma matéria, os 50 Estados poderão ter dentro do seu território diferentes legislações em vigor. Qual delas deverão os Norte-Americanos respeitar? A federal ou a estatal?
Arpaio manifestou a sua indignação perante as camaras de TV. Disse que continuaria a trabalhar com o mesmo método, lançando uma autêntica caça à imigração no seu condado.

Os Estados Unidos estão a apertar o cerco à imigração. Seja ela de índole legal ou ilegal. Os Norte-Americanos pura e simplesmente não irão querer mais imigração não-qualificada. Progressivamente, as políticas de imigração Norte-Americanas estão a desenvolver acções que visam sobretudo um encerramento total de brechas existentes na fronteira com o México. Como uma das maiores comunidades enraizadas no país, qualquer Mexicano que tente entrar de forma legal ou ilegal no país será considerado de forma preconceituosa (diria irracional) como mais um que deverá querer entrar no país para estabelecer uma ponte maior para o tráfico de estupefacientes.  Daí que os Estados Unidos estejam a pressionar o governo Mexicano a encetar uma verdadeira luta contra os barões dos cartéis de droga. Como se não os houvesse entre os nacionais Norte-Americanos e Como se por exemplo, o Presidente dos Estados Unidos não fosse só por acaso o maior vendedor de armas do planeta. Não directamente, mas através de intermediários…

Daí que esteja a ser construído o maior muro fronteiriço desde o Muro de Berlim na fronteira entre o México e os Estados Unidos. Um muro ao estilo de Berlim e da Faixa de Gaza. Para que ninguém jamais tente passar a fronteira do México para os Estados Unidos.

A pergunta que vos deixo hoje é esta: se a população Norte-Americana é constituída por um fenómeno de miscenização e convivência de várias culturas, vindas de fenómenos de imigração, que moral têm os americanos para impedir que cidadãos de outros países tentem procurar a fortuna e a felicidade no seu país? Não será isto racismo e xenofobia?

Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Ghob, o Rei dos Perturbados

Sempre tive a plena noção que o povo Português é um povo medíocre, mesquinho, popular, piroso, dado a arraiais, fútil, moralista, extremamente ligado aos dogmas da religião que vão sendo passados de geração em geração, que endeusa as pessoas que a televisão e que as revistas cor-de-rosa lançam, que adora falar sobre a vida alheia e que também adora criticar quando tem telhados de vidro.

Já sabia também que há grupos restritos do Povo Português formados por pessoas educadas, honestas, trabalhadoras, interessantes, inteligentes, mas que tentam sobreviver perante todas as adversidades da vida. Um grupo restrito de gente que sofre de pé perante o atraso a todos os níveis deste país e que de uma forma ou de outra tenta lutar para que possamos encostar aos países mais desenvolvidos do mundo.

Também não é novidade para mim, que a pobreza (quando falo em pobreza, falo nas casas onde não há pão na mesa e como tal não há razão) gera todo o tipo de criminalidade. No entanto, a ganância de outros também é um dos motivos da ilicitude.

A deste senhor parece ser grande. No entanto, o que destoa deste caso de triplo homícidio em Torres Vedras, é a pura demência, a pura perturbação mental em que este senhor se encontra. O mais crasso de toda a  história, foi o tempo que as autoridades levaram para investigar o caso e prender o referido indivíduo. “Uma personagem como esta” é um perigo para a sociedade. Não obstante de se ter que lamentar as vítimas, poderiam ter sido muitas mais.

Se as organizações mundiais de saúde dizem que as doenças do foro psicológico e psiquiátrico vão ser as doenças do século, parece que em Portugal, os profissionais da área terão mais casos para avaliar: a existência de assassinos em massa. Já não chegavam os casos de pedofília, os assassinatos nas aldeias em dias de eleições, os bebés e as crianças que morrem devido a maus tratos dos pais e todos os rituais esquisitos das pessoas…

Porque como este caso, deverão haver por aí mais em Portugal, um país que cada vez mais está a ser abalado por todo o tipo de casos de perturbação mental e sociopatia.  Desde a pedofília, passando pela violência no namoro e no casamento até ao homicídio com ou sem razão.

Com as etiquetas , , , , ,