De Londres #13 – das alegrias britânicas

Mo Farah nos 10 mil metros masculinos, numa prova fantástica!

Bradley Wiggins amenizou no contra-relógio a perda britânica na prova de estrada, aproveitou o balanço ganho nos contra-relógios do Tour e venceu naturalmente a prova de Londres. O nosso “Nélson Oliveira” ficou em 18º e apesar da tenra idade, estou certo que poderá fazer muito melhor no Rio em 2016.

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: