Ora aí está até hoje a “única” (e quiçá possível) medida decente do governo social-democrata

Para acelerar o regresso de desempregados ao mercado de trabalho, poderão beneficiar de metade do subsídio de desemprego durante um ano com o respectivo salário.

Mas se for como o aumento de 15 euros no salário mínimo nacional só terá efeitos práticos lá para 2016, as pontes que os trabalhadores façam podem ser descontadas nas férias (a obsessão deste governo com o período de férias a que os portugueses tem por lei é algo que roça o doentio) e todos os trabalhadores sofrerão cortes no subsídio de alimentação.


Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , , ,

One thought on “Ora aí está até hoje a “única” (e quiçá possível) medida decente do governo social-democrata

  1. Marcos Lemos diz:

    Miséria de medida. O estado a pagar em vez dos patrões. Maravilhoso!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: