Mudam os tempos, mudam as vontades

A 9 de Janeiro de 2009, Filipe Soares Franco anunciava no programa Grande Entrevista na RTP (na altura dirigido por Judite de Sousa) que não se iria recandidatar às eleições para a presidência do Sporting Clube de Portugal, invocando falta de disponbilidade pessoal motivada por responsabilidades de índole empresarial e social como argumento de primeiro plano, e, afirmando que só continuaria com “um projecto inovador, para um ciclo de modernização e inovação” como segundo argumento.

“Tomei a decisão uma semana antes do Natal, pois focalizar-me no Sporting e nas suas exigências era completamente incompatível com a minha actividade empresarial” – disse na altura a Judite de Sousa. 

Se as coisas já não eram famosas no “reino” Soares Franco, “reino” marcado por um forte desinvestimento no futebol profissional aquando da passagem do melhor treinador do clube da última década (Paulo Bento) que à custa de alguns bons jogadores saídos da formação e outras contratações muito comezinhas por parte do clube conseguiu durante alguns anos encontrar o caminho para resultados desportivos e financeiros de realce, e da famígera venda de património do clube ao desbarato, a saída de FSF do seu trono descambou com a entrada de um período negro na história do clube.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. A 9 de Janeiro de 2009, FSF não tinha disponibilidade para continuar no comando do Sporting. Por outras palavras, estava farto e cansado. 2 anos e meio passaram e FSF irá candidatar-se à Federação Portuguesa de Futebol. Ao que se presume pelo que tem saído na comunicação social, sem o apoio do clube do qual foi presidente e com o apoio do Futebol Clube do Porto e do Sporting Clube de Braga, e como se presume, da Associação de Futebol do Porto e da Associação de Futebol de Braga. Pinto da Costa e o seu discípulo Salvador mais unidos que nunca.

A vida dá de facto muitas voltas… Já dizia o meu pai a respeito de FSF: “Enquanto este Sporting continuar entregue a estes queques da linha de Sintra, não vamos a lado nenhum” – e bem que ele tinha razão!

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: