O nascimento de um novo país

O Sudão do Sul foi reconhecido ontem como um país independente, conforme aquilo que tinha sido expresso pelo voto pela sua população no referendo realizado há uns meses atrás e conforme a promessa do governo de Khartoum. 

O Sudão do Sul será o país que vemos no mapa, com um território de 619, 745 km2 e cerca de 8 milhões de pessoas segundo o recenseamento de 2008. 

O Sudão do Sul representa uma das mais vergonhosas falhas na actuação das Nações Unidas na prevenção de conflitos e na ajuda humanitária. Há uns anos atrás, as indecisões sobre o caso Sudanês foram crassas e as Nações Unidas não conseguiram promover mais do que o envio de tropas mal treinadas da União Africana para o terreno. As grandes potências mundiais na altura não mostraram qualquer abertura em convergir para a resolução do problema humanitário resultante dos genocídios cometidos tanto pelo governo de Khartoum como pelas várias facções rebeldes presentes no antigo território Sudanês. No entanto, hoje a China já indicou que estabeleceu relações diplomáticas com o novo governo Sul-Sudanês.

E de certa maneira, o caso do Darfur ainda continua por resolver visto que a região continua sob domínio político do governo do Sudão.

No caso do novo país que ontem se constituiu, esperemos que as Nações Unidas o acompanhem com todo o apoio técnico, político e administrativo na transição para a democracia. Basta de genocídio naquela zona. Porém, terei que relembrar que este novo país interessará em muito às grandes potências visto que tem reservas consideráveis de petróleo. Daí que interesse actualmente às grandes potências estabelecer relações diplomáticas com um novo país, sobre o qual se estiveram completamente nas tintas no passado.

Dada a novidade, todas as relações diplomáticas que se fazem com estes novos países terão sempre de ter por trás algum motivo imperialista. O imperialismo económico. Não existem melhores exemplos ao nível de países do que os Estados Unidos e a China para o explicar.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: