Sobre os Estatutos da AAC

João Alexandre tem razão.

Estes novos estatutos vão matar com “o motor cultural e desportivo da cidade: a AAC”.

Parabéns, os representantes da Assembleia Estatutária estão perto de extinguir com secções antiquíssimas como a Secção Filatélica, o CIAAC, a Pesca Desportiva, o Andebol, a Ginástica, o Badminton e o Atletismo. Isto é, se eventualmente, não acabarem por extinguir mais secções para além destas…

Estes estatutos (para bem da legitimidade democrática dos mesmos e daqueles que os fizeram) deveriam ser imediatamente levados a aprovação na Assembleia Magna e não a aprovação automática por parte dos representantes na Assembleia Estatutária.

Perante a defesa de honra de André Costa, não posso deixar de repúdiar a sua intervenção e de lhe dizer que provavelmente (em tantos anos que frequenta o ensino superior) revela não só um puro desconhecimento sobre o funcionamento das Secções Culturais e das Secções Desportivas, como, nem teve a hombridade de participar nas Secções Culturais e Desportivas e como tal, conhecer de perto o funcionamento das mesmas.

A questão do quórum 50% de estudantes nas direcções e plenários das Secções Culturais e Desportivas é um profundo disparate, que deve ser mudado, para bem das mesmas. O que se põe aqui em causa é que indiferentemente do facto dos dirigentes das mesmas serem estudantes ou não-estudantes, as Secções Culturais e Desportivas foram construídas e evoluídas à custa do gosto, da voluntariedade, da carolice de todos aqueles que por gosto e por vontade trabalharam em prol de uma maior visibilidade da Associação Académica de Coimbra. Indiferentemente do facto de serem estudantes ou não-estudantes. Indiferentemente do facto de terem 5, 18, 60 ou 95 anos.

Retirar a oportunidade a essas pessoas de continuar a levar a cabo a evolução das respectivas secções, é para algumas delas, o caminho para a extinção.

André Costa, espero que daqui a uns anos, tu e os teus colegas da Assembleia Estatutária não fiquem na história da AAC como aqueles que fizeram extinguir pedaços de cultura, pedaços de desporto e a retirada de oportunidades a estudantes e não-estudantes de fazerem cultura, de praticarem desporto e aqueles, que futuramente poderão entregar a sua chave e como tal, deixar de formar campeões nacionais e universitários nas respectivas modalidades, só porque na direcção não haviam estudantes.

Com as etiquetas , , , , , , , ,

One thought on “Sobre os Estatutos da AAC

  1. Jacinto Leite Capelo`TeuRego diz:

    Grande palhaço que tu me saiste.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: