Beira-Mar 0-1 FC Porto

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/CzD83euSWsAyzjLyC2iN/mov/1

Depois da derrota por 3 bolas a 0 na Quarta-Feira para a Taça da Liga, esperava-se outra resposta no jogo de hoje contra o Futebol Clube do Porto. Apesar da derrota, o Beira-Mar conseguiu dar essa resposta, lutando com as suas melhores armas perante um Porto que é de longe a melhor equipa a praticar futebol em Portugal.

Leonardo Jardim apresentou-se em campo com a equipa mais próxima do onze ideal. Em relação ao jogo contra o Porto, André Marques continuou no onze.

Na 1ª parte, o Porto dominou a partida e obviamente tentou chegar cedo ao primeiro golo. Depois de muitas jogadas de insistência do 3 jogadores mais avançados (James Rodriguez; Hulk e Silvestre Varela) a defesa do Beira-Mar foi conseguindo adiar o golo dos dragões até ao minuto 35, onde depois de uma falha de comunicação entre Rui Rego e Hugo colocou a bola em Hulk que no 1 para 1 com André Marques ludibriou o defesa Aveirense caíndo de seguida no chão. João Ferreira assinalou grande penalidade e o próprio Hulk inaugurou o marcador. Depois de ter visto o lance ao pormenor, continuo com muitas dúvidas quanto à veracidade desta decisão…

Na 2ª parte, o Beira-Mar lançou-se no ataque em busca do resultado. Sem nunca perder a organização que é característica desta equipa, a espaços, a turma de Aveiro foi-se instalando no meio campo do Porto sem no entanto ter criado oportunidades de golo de relance. A vencer, o Porto de Villas-Boas limitava-se a gerir o resultado, tendo efectivamente criado algum perigo na frente, nomeadamente num remate de Hulk que Rui Rego defendeu em apertos e num par de cantos em que a defesa do Beira-Mar teve alguns problemas em tirar a bola da área.

Em suma, não foi uma má exibição do Beira-Mar frente ao líder do campeonato. Foi uma exibição esforçada, com um certo sabor amargo na boca. O Beira-Mar podia ter conseguido o empate, não fossem os enormes erros técnicos cometidos no último terço do terreno e a grande penalidade sobre Hulk.

Segue-se o Nacional na Quarta-Feira para a última jornada da fase de grupos da Taça da Liga, competição em que o Beira-Mar está eliminado fruto das derrotas contra o Porto e Gil Vicente. Leonardo Jardim deverá optar por dar mais minutos a jogadores menos utilizados, com vista às 13 jornadas de campeonato que a equipa tem pela frente.

A Liga ZonSagres só volta dia 6, aquando da visita ao Estádio Municipal de Coimbra para o clássico do centro frente à Académica!

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , ,

4 thoughts on “Beira-Mar 0-1 FC Porto

  1. Ruben diz:

    Gostei de ver, o Beira Mar lutou sempre, dão o litro, e isso é que interessa

  2. João Branco diz:

    De facto.

    Faltou apenas algum atrevimento lá na frente.

  3. A.Rodrigues diz:

    Mais uma vez o àrbitro resolveu o jogo!…
    Viva a arbitragem portuguesa!!!

  4. João Branco diz:

    Depois de ter visto o lance com mais clareza no noticiário de almoço da RTP 1 também creio que sim.
    O Hulk aproveita-se claramente da posição do André Marques para provocar o contacto. O arbiro, tapado pela multidão de jogadores na área, assinalou a favor do mais forte.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: