E o Mundial de 2018 foi…

para a Rússia e a organização do Mundial de 2022 foi para esse país cheio de tradição futebolística que é o Qatar, provando que a FIFA cada vez mais é uma multinacional que visa apenas ter o máximo lucro possível!

Para o Mundial 2018, os Russos venceram na 2ª volta um projecto que já era moribundo desde o início. Se calhar, por falta desta vez de um Júlio Iglésias ou de um Carlos Cruz. Talvez, pela falta de coerência no projecto, que apenas dava 3 dos 10 estádios ao nosso país, pedindo-nos em troca que fizessemos outro esforço financeiro ao qual não estamos lá muito dispostos e preparados.

A grande epopeia histórica que envolveu no passado verão o diferendo entre as nossas autoridades desportivas e o nosso antigo seleccionador nacional também contribuiu para a decisão da FIFA. Num dos posts sobre esse diferendo (ver caixa de Agosto e Setembro) eu bem alertava para esse facto que era a péssima imagem do futebol Português que as nossas autoridades desportivas e o nosso antigo seleccionador nacional estavam a deixar passar para o mundo tendo em conta a candidatura Ibérica ao Mundial.

Agora, a 2 de Dezembro, perdemos e perdemos bem!

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: