Vergonhoso

O país está praticamente parado! A Greve Geral dos Trabalhadores, segundo números da CGTP e da UGT está perto dos 80% em todo o país.

Os trabalhadores saíram às ruas para se manifestar contra o actual panorama da vida social e económica Portuguesa. Centenas de escolas, aeroportos, serviços judiciais, hospitais, fábricas e serviços públicos estão encerrados. Dezenas de voos de Portugal para o estrangeiro e do estrangeiro para Portugal foram cancelados, assim como foram suprimidas dezenas de carreirasviagens nos serviços municipais de transporte, metro e comboio das principais cidadeslinhas do país.

O povo está a mostrar a sua força como nunca perante a aberração do governo socialista e perante as políticas que cortam o direito a uma vida condigna.

Neste vídeo, gravado durante a madrugada de hoje é vergonhoso ver os polícias de intervenção rápida a fazer um cordão para empurrar os piquetes de greve dos CTT sem que nada o justificasse. É uma imagem triste, que relembra o Portugal da Velha Senhora em que ninguém podia expressar livremente as suas opiniões e actuar de acordo com a sua própria consciência.
São imagens tristes que mancham o nome dos Polícias em causa, também eles cidadãos fustigados pelos efeitos dos sucessivos pacotes de austeridade que o denominado “Estado Social da fachada” que o nosso primeiro ministro tende a anunciar a todos os lares Portugueses.

Até quando é que vão continuar a defender um governo como o fizeram na passada manifestação estudantil na Assembleia da República? Vão continuar a defender o governo quando os vossos filhos não tiverem comida na mesa? Vão continuar a defender o governo quando forem despedidos de um dia para o outro? Vão continuar a defender o governo com os sucessivos cortes salariais que sofrem quase todos os meses? Vão continuar a defender o governo quando os vossos filhos chegarem a casa derrotados porque não tem emprego nem futuro neste país?

Tenham vergonha! Quem se sente capaz de executar as medidas que executou pelo tesão do poder, que agora saía à rua e sofra na cara o protesto popular. José Sócrates e o seu executivo deveriam sair à rua sem polícia para testemunhar na pele a indignação, a revolta, a miséria, a fome, a falta de emprego, a falta de poder de compra, a falta de qualidade de vida, a falta de futuro para os jovens, a falta de um ensino de qualidade.
José Sócrates e o seu executivo deveriam ser obrigados a sair à rua e sentir na pele as consequências dos seus actos!

Anúncios
Com as etiquetas , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: