Pressão…

Designa por pressão o meu velhinho dicionário da Porto Editora, “o acto ou efeito de premer ou premir; grandeza física definida pelo quociente entre a força exercida sobre um elemento de superfície de um corpo e a área de superfície sobre a qual se exerce; fig coacção, violência, influência (do latim pressione)”

– Sou adolescente, estou na fase da pós-puberdade e sinto que sou capaz de resolver todos os problemas. “Sinto a pressão de ter que ajudar a minha família.”

– Pressão? Já dizia o meu pai que pressão é acordar dia após dia no desemprego com 3 filhos para sustentar. Olhar para os putos com o bolso de quem não tem para lhes dar de comer, vestir, ir para a escola. Uma vida condigna.

– Oh, isso ao pé dos meus problemas, não é pressão nenhuma.

– Pois não, tu és adolescente. Estás na fase posterior à puberdade. Nunca te faltou nada mas continuas a queixar-te de tudo. Ainda não passaste pela dureza da vida. Quando passares, avisa… Aí talvez já venhas com outro pensamento, de que afinal não consegues resolver sozinha todos os teus problemas.

Anúncios
Com as etiquetas

5 thoughts on “Pressão…

  1. sei lá diz:

    queres criticar, “ser ácido para os que merecem a acidez” ? Criticar é diferente de atacar… E isto é tudo menos uma crítica construtiva.

  2. João Branco diz:

    Se não sabes, eu respondo a todas as tuas dúvidas.

    Por criticar, designa o meu velhinho dicionário da Porto Editora, ” Fazer comentários desfavoráveis a respeito de (pessoas ou coisas); dizer mal de; pôr defeitos em; exercer a crítica a;

    Por atacar, o referido dicionário também explica aos leigos na língua portuguesa que é “o acto de dar ataques a; acometer, brigar com; impugnar, atar com atacador; calçar a vareta (???) (sinónimo de encher ou fartar-se).

    Presumo então que sua excelência, esteja a insinuar que eu com este post fui ofensivo a alguém. Engana-se redondamente.
    Como o artigo das definições que acima citei presumem de forma emanente a presença de um determinado sujeito que de facto não é enunciado no post, creio que o erro de vossa excelência é tresloucado e cheio de raiva perante um mero diálogo abstracto da minha lavra, que até poderia ter sido copiado de uma obra qualquer de um escritor de renome.

    Para mais esclarecimentos contacte o 16200 para serviço a clientes ou o 16206 caso o serviço em causa seja facturado na modalidade empresarial. Caso contrário, avance para um determinado sítio em vernáculo, do qual já deve ter ouvido falar.

  3. Henrique Nobre diz:

    É a primeira vez que vejo uma pessoa com nome ‘sei lá’! 😛

  4. Cláudia diz:

    Eu não pude deixar de me rir… Por nome próprio nunca vi, sei que há é um livro chamado “Sei Lá” da Margarida Rebelo Pinto. Lol o 16200 acho qué um nº que existe mesmo, acho q é do apoio a clientes da PT ou algo do género… LOL

  5. João Branco diz:

    De facto, é o número de apoio a clientes residenciais da Portugal Telecom. Assim como o 16206 que é o número de apoio a clientes empresariais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: