Cromos do Rugby #2

Serge Blanco ficará na história como um dos melhores jogadores dianteiros da história. Como ponta e como defesa flanqueador, Blanc era conhecido pela sua corrida elegante, pela sua criatividade a arranjar espaços para ganhar terreno e pela sua enorme entrega ao jogo. Blanco, nunca dava uma bola como perdida e essa garra fez de si um jogador que ainda hoje é lembrado pelos Franceses. Durante muitos anos foi o grande líder do Biarritz.

Outro facto curioso acerca de Blanco, é que foi a primeira estrela mundial nascida num território sem grandes raízes de rugby. Blanco nasceu em Caracas na Venezuela, sendo filho de mãe natural do País Basco Francês. Blanco veio muito cedo para a cidade de Biarritz, tendo jogado toda a sua carreira no histórico clube da cidade: o Biarritz Olympique. Actualmente, é accionista e presidente do clube.

Nome Completo: Serge Blanco
Data e Local de Nascimento: 31 de Agosto de 1958, Caracas (Venezuela)
Altura:
Posição: Defesa FlanqueadorPonta
Características principais: Corrida, hand-off, espírito combativo.

Carreira pelo Clube:

Blanco apenas jogou pelo Biarritz Olympique. Desde 1974 a 1992, Blanco nunca conseguiu vencer o campeonato ou a Taça de França pelo clube. Apenas em 1992, na sua última época, o clube logrou chegar à final da prova, tendo apenas ganho 10 anos depois em 2002 já com Blanco como presidente.

Carreira pela Selecção:

Blanco estreou-se com a camisola da Selecção Francesa em 1980 num jogo contra a África do Sul. Até 1991 fez 93 jogou pelos Bleus e marcou 233 pontos. Na sua carreira pela Selecção conseguiu fazer o grand-slam no Torneio das 5 Nações (vencer todos os jogos) em 1981, 1987 e 1991.

No primeiro mundial da modalidade que foi realizado em 1987 na Austrália Blanco teve o seu momento mais alto da carreira no ensaio que deu a vitória à França nas meias-finais frente à Selecção da casa. No entanto, a França perderia a Taça na final contra a poderosa Nova Zelândia. Ainda hoje, esse jogo frente à Austrália é considerado por muitos Franceses como o melhor jogo de sempre da sua selecção.
Ficam no entanto as imagens desse ensaio épico:

Em 1991, depois de uma exímia participação no Torneio das 5 Nações e do mundial, Blanc retirou-se nos test-matchs de Outono frente à Inglaterra, tendo deixado de jogar no final da época.

Serge também jogou pelos Barbarians, tendo realizado 2 jogos (1984 e 1991) e marcado 8 pontos.

Com as etiquetas , , , , , ,

2 thoughts on “Cromos do Rugby #2

  1. gilberto diz:

    De tantos momentos que tinhas para escolher teve que ser logo esse 🙂 ………no entanto concordo, um grande jogador.

  2. Eu sei que para ti foi um mau momento mas não podia deixar de associar Serge Blanco a este momento. Foi uma página má na história do Rugby Australiano e ao mesmo tempo uma página de glória no Rugby Francês e na carreira de Blanco que como referi só conseguiu ter palmarés na selecção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: