É preciso ter galo!

Foto: Site oficial do US Open


Fiquei acordado até tarde com a esperança que Frederico Gil conseguisse passar pela primeira vez à 2ª ronda de um Grand Slam.

Ainda não foi desta. Acompanhei o jogo em directo a partir do 2º set. Gil deu luta, deu a crença que poderia vencer um set mas não conseguiu contrariar o jogo de John Isner, aquele que há 2 meses atrás entrou para a história do ténis ao vencer Nicolás Mahut em Wimbledon no jogo mais longo de sempre (10 horas) do qual falei aqui neste blog.

Gil perde assim pela 9ª vez na 1ª ronda de um Grand Slam em 9 participações. É preciso ter galo!

Com as etiquetas , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: