Falta de respeito

Engane-se quem pense que venho com este post contestar a exploração dos bares que o Grupo InTocha faz na propriedade da Direcção Geral da Associação de Coimbra (DGAAC). Engane-se também quem pensa que venho por este meio contestar os preços, a decoração, o contrato de exploração ou as pessoas que administram o espaço. Nesse campo, não posso argumentar visto que desconheço na totalidade os trâmites do contrato celebrado entre o Grupo InTocha e a Direcção Geral da Associação Académica.
Não irei por este meio utilizar uma argumentação “ad-hominem” mas deixar uma reclamação como sócio da Direcção Geral da Associação de Coimbra e como estudante da UC.

Venho sim por este meio reclamar publicamente sobre o barulho nocturno que tem sido feito pelo Bar dos Jardins da AAC (cuja exploração pertence ao Grupo InTocha por meio de um contrato celebrado com o proprietário dos espaços que é a DGAAC) em plena época de exames. Na noite de ontem (devido à barulheira realizada) deu-se o ponto alto da minha insatisfação (e da insatisfação de outros colegas) sobre o ruído realizado pelo mesmo.

É inadmissível (estando o Bar rodeado por 3 salas onde existem estudantes a estudar, onde existem estudantes pressionados pela dureza dos exames) que o Bar dos Jardins da AAC apresente enormes festas nesta altura de exame onde o barulho não permite que aqueles que tentam estudar nas salas de estudo e cantinas se consigam preparar devidamente para as provas de exame. Festas que duram até às 6 da manhã.

Pergunto-vos o seguinte: se uma pessoa não conseguir estudar de forma sossegada em casa ou por necessidade tiver de ir estudar para a sala de estudo da AACCantinas dos Grelhados e Azuis poderá fazê-lo nas condições que têm sido apresentadas nas últimas semanas? A resposta decerto “será um redondo NÃO”.

Eu não sou daquelas pessoas que pensa que o BAR não devia ter sido concessionado pela DGAAC ao Grupo X ou ao Grupo Y. Não tenho nada contra o Grupo InTocha ou contra qualquer grupo de exploração comercial. Estou sim, contra os dirigentes da DGAAC cujos direitos permitem “dar o toque” ao Grupo InTocha para abrandar o ritmo nesta época que acaba por ser a época em que tudo se decide para os estudantes da Universidade de Coimbra.
O barulho na área é abusivo e eu que vivo em Celas chego a estar incomodado com o referido barulho dentro da minha própria casa que como se sabe, fica a centenas de metros de distância.

Noutro prisma, este barulho não só incomoda o trabalho daqueles que necessitam de estudar como dos seccionistas da AAC que dentro do edifício da AAC tentam como podem trabalhar de modo a elevar bem alto o bom nome da casa. Tendo falado com alguns seccionistas, alguns contam-me relatos que só conseguem trabalhar levando uns phones para as suas secções.

Para finalizar, alerto os actuais dirigentes da DGAAC para este problema, pedindo para que tentem minorar os danos vindos desta autêntica falta de respeito por parte do Grupo InTocha para com aqueles que no fundo acabam por garantir a subsistência e os devidos lucros do espaço.
“Porque a continuar assim é demais e o que é demais já começa a cheirar mal”

Com as etiquetas

6 thoughts on “Falta de respeito

  1. Daniel diz:

    É um problema que também aconteceu nos dois últimos semestres, basicamente, desde que abriu o bar dos jardins que se tornou particularmente difícil estudar naquela zona, especialmente à terça e quinta feira. Acho que, apesar de ser o in tocha responsável pela exploração, a AAC deve obrigar estes a que tenham o bom senso durante épocas de exames a por um ponto nestas festas pela madrugada dentro.

  2. joaorbranco diz:

    Sim, basicamente esqueci-me de referir que uma possível solução seria manter o espaço aberto até às horas que estão mencionadas no referido contrato, mas num ambiente mais tranquilo.
    Essa solução não deixaria o Grupo InTocha mais pobre até porque a meio do seu estudo até poderia convidar os estudantes a um café, a um fino e a alguns momentos de pausa entre o estudo.

  3. Eduardo Barroco de Melo diz:

    Se tens reclamações o melhor é falares com a Administração.

  4. joaorbranco diz:

    Assim o farei. Se valer a pena visto que já houve quem tenha advertido e nada foi feito.

  5. Inês de Almeida diz:

    Caro colega,

    Por volta do fim da actividade lectiva do 2º semestre do ano passado, eu encontrava-me no edifício da AAC quando fui abordada por uma colega da RUC, que pediu uma entrevista sobre os espaços de estudo existentes em Coimbra, tendo em conta a época de exames que se avizinhava. E eu não me importei de opinar sobre o assunto, não deixando, claro, de criticar este mesmo problema que tu expões.
    Referi, ainda, que se tratava de uma escandalosa falta de respeito pelos estudantes (entenda-se estudante como aquele que estuda, e não “estudante” como aquele que quer borga) por parte da DG, por não tratarem de impor um pouco silêncio, pelo menos durante os exames. Sabes o que é que aconteceu? Censuram a minha crítica, e apenas emitiram a parte da entrevista em que eu admitia que os espaços para estudo eram poucos e em que concordava com a criação de novos espaços para o efeito.

    Saudações!

  6. João Branco diz:

    Inês,

    Lamento que isso tenha acontecido. Na Academia parecem haver duas tipologias bem definidas de pessoas: aquelas que se riem quando tu dás opiniões e que te chamam “comuna atrasadinho mental” e aquelas que pura e simplesmente não querem ouvir as tuas críticas porque são autistas o suficiente para não ouvir críticas de ninguém e continuar a mandar indiscriminadamente.

    Eu lamentei sobre o assunto na altura, falei com quem direito (depois do comentário do agora presidente da Direcção-Geral a este post) e mesmo assim o Grupo InTocha nos dias seguintes continuou a abusar do barulho. Não me adiantou absolutamente de nada. Na altura, fiquei com a clara sensação que o bar é mais importante do que aqueles que atribuem grande parte do seu tempo ao seccionismo da AAC e aos estudantes que estavam na sala de estudo a tentar fazer algo pela vida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: